Após o treino desta sexta-feira, 21, véspera do jogo contra o Botafogo, o técnico do Criciúma, Cláudio Tencati, teve uma longa conversa particular com o goleiro Gustavo. No centro de um dos gramados do CT Antenor Angeloni, a natureza da conversa permaneceu um mistério. Seria um voto de confiança ou a explicação para substituir Gustavo por Alisson, que teve uma atuação segura na última rodada contra o Atlético-GO?

Registro da longa conversa entre Tencati e Gustavo, após o treinamento desta sexta-feira | Foto: Murilo Praxedes
Registro da longa conversa entre Tencati e Gustavo, após o treinamento desta sexta-feira | Foto: Murilo Praxedes

Antes do treinamento, Alisson foi o escolhido para conceder a entrevista coletiva e comentou sobre a possibilidade de iniciar a partida. “Eu encaro de forma tranquila. Como eu sempre falo, eu não mudo independente das circunstâncias; eu sempre trabalho para estar pronto para jogar. Então, independente da decisão que o professor tomar, não sei ainda o que vai acontecer no jogo de amanhã. Mas, independente da situação, da decisão que ele tomar, eu posso dizer que, se eu jogar, vou dar o meu melhor. E, se por ventura não jogar, também vou seguir da mesma forma, dando força aos meus companheiros para que a gente possa conquistar a vitória”, declarou o goleiro.

No mais, o Criciúma deve ser praticamente o mesmo que venceu o Atlético-GO, em Goiânia, com exceção de Newton, que não pode enfrentar o Botafogo. O Tigre deve ir a campo com Alisson (Gustavo); Jonathan, Rodrigo, Tobias Figueiredo e Trauco; Barreto, Higor Meritão, Ronald e Marquinhos Gabriel; Bolasie e Arthur Caíke.

De Marco Antônio Medeiros