O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) vai concentrar trabalhos de manutenção da BR-101 Sul catarinense, com roçada na vegetação rasteira e arbustiva em bordos, taludes, vias laterais e canteiro central da rodovia federal, entre os municípios de Içara e Sombrio.

A autarquia alocará frentes de trabalho em 56 quilômetros de pistas duplicadas, iniciando no KM 383, seguindo em direção ao Sul, até o KM 438. Além das roçadas, serão feitos trabalhos de coleta de lixo, limpeza de sarjetas e desobstrução do sistema de drenagem.

Mesmo sendo feitos próximos do fluxo dos veículos em longo curso, os trabalhos de conservação não vão interferir no tráfego das pistas, interrompendo ou estreitando faixas de rolagem.

Já nas vias lindeiras, a movimentação de trabalhadores e equipamentos é maior e direta, ficando aos motoristas locais e pedestres orientados a manter distância das frentes de manutenção. A atenção deve ser redobrada, principalmente, nos acessos e saídas de aglomerados urbanos pelas alças laterais.

A conservação com retirada da vegetação e lixo é necessária para a manutenção dos elementos de sinalização rodoviária (placas, painéis, defensas metálicas, etc.) e também para a melhor visualização e compreensão pelos motoristas. Já a coleta de lixo evita que materiais sólidos acabem dentro do sistema de escoamento, danificando bocas de lobo e as galerias debaixo das pistas.

Aos motoristas, o Dnit pede atenção redobrada para a circulação dos trabalhadores nos bordos de pista, alças e canteiro central. Quando as equipes forem avistadas, é preciso reduzir a velocidade e respeitar o espaço das atividades.

Colaboração: Muriel Albonico / Comunicação Dnit