Após intensa chuva ao longo das últimas horas em Morro da Fumaça, a Administração Municipal atualiza a população sobre a situação no município nesta quinta-feira, dia 1. Segundo dados do pluviômetro da Defesa Civil, localizado no bairro Monte Verde, o acúmulo máximo de precipitação observado nas últimas 24 horas foi de 143,2 mm (atualizado às 6h28). Segundo o mapa de criticidade para deslizamentos, Morro da Fumaça se encontra em vermelho (atualizado às 9 horas), que é quando há risco muito alto de ocorrências.

Duas vias precisaram ser interditadas, sendo a Rua Fortunato Salvan, no Bairro Naspolini, e a Travessia João Sorato, no Bairro Mina Visconde. Outras vias encontra-se com água na pista, sendo a Rodovia SC-443, Rodovia Tranquilo Sartor, no Bairro Santa Cruz, Rua Biasio Maragno, no Distrito de Estação Cocal e a Estrada Geral no Bairro Picadão Paladini, além de alguns pontos nos bairros Capelinha e Vila Rica.

A Administração Municipal pede para que os moradores respeitem as sinalizações e redobre os cuidados ao trafegar, principalmente, nessas regiões. A Secretaria do Sistema de Infraestrutura está trabalhando na manutenção das vias, com serviços de drenagem em pontos de acúmulo de água e abertura de valas.

As unidades escolares do município não foram afetadas, as aulas foram mantidas e o transporte escolar segue a rota normalmente. Entretanto, a formatura do Programa Defesa Civil na Escola, que seria realizada nesta noite, às 19h30, como parte da programação de Natal de Morro da Fumaça, foi cancelada. Uma nova data será divulgada nos próximos dias.

Em razão das fortes chuvas, houve o rompimento da adutora geral de abastecimento da Estação de Tratamento de Água (ETA) – Rio Vargedo, por volta das 2 horas. O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Morro da Fumaça está trabalhando desde a madrugada para restabelecer o abastecimento. Podem ter sido afetados moradores de todo o Bairro Centro e as localidades de Linha Anta e Esplanada. Os serviços estão sendo finalizados e o retorno será gradativo dentro de algumas horas. O Samae pede para que os consumidores tenham compreensão e evitem o desperdício de água.

Por se encontrarem em locais de risco ou alagamento, algumas pessoas precisaram ser deslocadas de suas residências. No Bairro Capelinha, dois adultos e quatro crianças ficaram desalojadas e foram encaminhadas para a casa de familiares, assim como dois adultos e duas crianças no Distrito de Estação Cocal. Outros três moradores, em um primeiro momento, ficaram desabrigados e foram realocados para o Salão Paroquial da Estação Cocal, mas já encaminhados para a casa de parentes.

O Governo de Morro da Fumaça está empenhado em minimizar os impactos gerados e em manter a população segura. Os munícipes devem ficar atentos aos canais oficiais da Prefeitura Municipal. Caso alguém necessite de ajuda, poderá entrar em contato pelo número (48) 99108-5294.