Uma importante parceria foi firmada entre a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, a Associação Amici Della Polenta e a Associação Nacional dos Alpinos. Neste ano, a 11ª Festa da Polenta, a Sagra Della Polenta, contará com as festividades da paróquia, além da comemoração dos 60 anos de história do grupo de alpinos no Brasil. Toda a festa vai acontecer nos dias 13, 14 e 15 de setembro em Urussanga. “Teremos um evento diferenciado, bastante interessante para toda a nossa comunidade e toda a região. Nós estamos com a programação já toda esquematizada, agora só vamos entrar nos detalhes”, destaca Névton Vicente Bortolotto, representante do Amici Della Polenta.

O pároco Giliard Cesconetto Gava salienta que a paróquia tem um simbolismo cultural muito grande. Isso porque a paróquia, no final da década de 1970, recebeu de presente a réplica da obra La Pietà, de Michelangelo, do Papa Paulo VI. “Nós temos 30 capelas e, curiosamente, de todos os santos e festas das nossas 30 comunidades, que se faz duas festas por ano cada capela, são 60 festas, curiosamente, a data do dia 15 de setembro não tem nada na cidade. E sabe o que é o dia 15 de setembro? É o dia de Nossa Senhora da Piedade”, explica. Por isso, a decisão de escolher essa época para a realização da grande parceria e festa.

A participação da Associação Nacional dos Alpinos se dá pela comemoração dos 60 anos de fundação no Brasil. Fábio Daló, integrante do grupo, esclarece que a associação possui uma diretoria jovem. “Nós não temos uma estrutura, nós não temos esse corpo todo para uma parte física, fazer uma festa, alguma coisa nesse sentido, e os amigos da polenta, com a Sagra Della Polenta, nos abriram essa porta mais uma vez”, comenta. “Então, é com grata satisfação e a gente aceitou isso, vamos agregar valor, eu sempre digo, a gente não vem para retirar nada de lugar nenhum, a gente sempre vem para agregar valor, sempre para ajudar”, frisa.

O assunto foi abordado com mais detalhes em entrevista com o padre Giliard, Névton e Fábio. Ouça mais na íntegra:

 

Conforme Névton, o evento programado para acontecer em setembro é bastante complexo. “Ele tem um universo grande, inclui a questão da religiosidade, que é bastante forte no nosso município, o cristianismo, o catolicismo, inclui a questão da gastronomia, que é a nossa icona polenta, que é o nosso maior ícone dentro da gastronomia típica italiana, herança deixada pelos nossos heróicos imigrantes, e também essa nova situação que Urussanga vive dentro agora, fazendo parte da grande Associação Internacional dos Alpinos”, afirma. “Os alpinos foram criados logo em seguida da independência da Itália, foram soldados altamente treinados especificamente para combater e proteger a Itália nos seus limítrofes nas montanhas”, acrescenta.