Até o momento, a Comissão de Investigação e Processante (CIP) da Câmara de Vereadores de Urussanga, que investiga o prefeito Luis Gustavo Cancellier, realizou dois encontros. De acordo com o presidente da comissão, vereador Caio De Noni (MDB), o fato de que o prefeito não apresentou sua defesa dificultou os trabalhos da CIP. Mesmo assim, as investigações estão dentro do prazo, que é de 90 dias.

Conforme o presidente, um novo encontro deve ser realizado na próxima semana. Caio explicou que a comissão irá verificar com o jurídico do Legislativo se é possível os vereadores indicarem um advogado para Cancellier. O assunto foi abordado em entrevista no programa Comando Marconi. Ouça mais:

 

Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba as principais notícias que foram destaques na programação da Marconi 99.9 FM