Névton Vicente Rech Bortolotto foi anunciado na última sexta-feira (31), como o novo diretor de Cultura e Turismo de Urussanga. Com uma ampla experiência na área, Botolotto irá atuar com o objetivo de desenvolver os potenciais turísticos e da cultura urussanguense.

“Temos o compromisso com a cultura e o turismo de Urussanga e precisamos de pessoas qualificadas para estar à frente deste projeto. O nome do Névton sempre esteve presente nas discussões como alguém que irá auxiliar nos nossos projetos e ações que serão desenvolvidas”, explica o prefeito Gustavo Cancellier.

Trabalhos e ações desenvolvidas pelo novo diretor de Cultura e Turismo de Urussanga:

Névton Vicente Rech Bortolotto é natural de Nova Veneza, cursou o ensino Fundamental em Nova Veneza e finalizou o ensino médio em Criciúma, em 1977.

Em 1981 frequentou o Curso de Língua Italiana II, na UFSC em Florianópolis;

Em 1982 frequentou o Curso de Arquitetura e Imigração Italiana no Rio Grande do Sul;

Em 1983 e 1984,  iniciou seus trabalhos em Urussanga, como estagiário de arquitetura e urbanismo na UFSC/SPHAN, na realização do Inventário das Correntes Migratórias com o levantamento das edificações históricas patrimoniais da imigração italiana em Urussanga e Nova Veneza;

Em 1984 se formou em arquitetura e urbanismo na UFSC e passou a trabalhar no DEPLAN do município de Nova Veneza;

Em 1985 recebeu a primeira bolsa de estudos da Região do Vêneto, na Itália, para participar de pesquisas científicas sobre a imigração veneta na América do Sul;

Em 1985 participou, como debatedor da Arte e Arquitetura no Sul do Brasil, dentro do 1º Simpósio de Cultura e Imigração Italiana de Santa Catarina, em Florianópolis;

Em 1986 trabalhou, contemporaneamente, em Nova Veneza e Urussanga onde iniciou seus trabalhos de resgate e valorização da cultura italiana através da Escola de Língua italiana Padre Luigi Marzano;

Em 1986 retornou à Itália para dar segmento às pesquisas etnográficas onde lhe é conferido pelo Centro Universitário De Estudos Vênetos, de Veneza, Itália, o título de Colaborador Técnico Científico para o resgate da italianidade nas comunidades ítalo-brasileiras do sul do Brasil;

Em agosto de 1987, a convite da então Secretária da Educação e Cultura de Urussanga, Sra. Ana Maria Mariot Vieira e lideranças municipais, foi admitido como arquiteto e urbanista da prefeitura municipal, com o objetivo de dar assessoramento técnico  arquitetônico ao DEPLAN e coordenar os trabalhos de resgate e potencialização da cultura italiana, juntamente com o trade cultural do município;

Em 1987 frequentou o Curso de Língua e Cultura Italiana (nível médio) em Siena , na Itália, para professor de língua italiana;

De 1986 a 2012 foi professor de língua italiana em Urussanga e região;

Em 1986 e 1987 participou de Cursos de Aperfeiçoamento  Didático para o ensino da Língua Italiana em Curitiba e Salvador, promovidos pelos respectivos Consulados Gerais da Itália;

Em 1988 frequentou Curso de Língua Italiana em Veneza – Itália (nível avançado) para o aperfeiçoamento no ensino da língua italiana;

Em meados de 1988,  deu-se início aos primeiros contatos oficiais com Longarone para uma proposta de Gemellaggio, convidando o Prefeito de Longarone, Gioachino Bratti, para participar da III Festa do Vinho e conhecer Urussanga;

Em novembro de 1988 acompanhou a 1ª Comitiva Italiana de Longarone e Erto/Casso em Urussanga, com a fundação das Associações Bellunese e Friulana de Urussanga;

De 1988 a 1991/92, como Diretor De Cultura, coordenou os trabalhos inerentes ao acordo de Gemellaggio entre Urussanga e Longarone com a criação da Praça Longarone, de sua autoria;

Em 1989 conduziu o 1º grupo de jovens de Urussanga para conhecerem a Itália, sua terra de origem, com especial destaque nos contatos com Longarone e Casso;

De 1989 a 1993 apresentou programa em língua italiana Rádio Fundação Marconi;

Em 1990 e 1991 colaborou ativamente nas comemorações do centenário de colonização de Nova Veneza e na elaboração do livro  “HISTÓRIA DE NOVA VENEZA”

A partir de 1990 organizou e conduziu mais de 15 grupos de Urussanguenses para a Itália, com encontros oficiais à comunidade de Longarone;

Foi Agente Consular Italiano para o Sul de Santa Catarina em 1992 e 1993;

Participou da criação da Festa RITORNO ALLE ORIGINI em 1991;

De 1993 a 1995, como Secretário de Cultura e Turismo, participou ativamente no projeto PRESTO, para o desenvolvimento do Turismo Étnico-Cultural da região sul de SC, com sede em Urussanga;

É autor do projeto do Portal de entrada da cidade de Urussanga;

De 2002 a 2007 foi presidente da APAE  de Urussanga;

Em 2004 recebeu o Título Honorífico “BENEMERITUM PREMIUM” do Município de Nova Veneza;

Em 2007 recebeu o título de CIDADANIA HONORARIA DE LONGARONE;

Atuou, em determinados períodos, no DEPLAN como arquiteto;

Desenvolveu a atividade de cerimonialista na maioria dos eventos culturais da municipalidade.

Colaboração: Jéssica Pereira / Assessoria de Comunicação