Por ter renunciado ao cargo, o ex-prefeito de Urussanga, Luis Gustavo Cancellier, passará a ser julgado pela Comarca de Urussanga. Isso porque ele perdeu o foro privilegiado após ter renunciado seu mandato, em carta enviada à Câmara de Vereadores no último dia 1° de julho.

Cancellier foi preso preventivamente no dia 16 de abril, após a segunda fase da Operação Terra Nostra. O ex-prefeito tinha conseguido prisão domiciliar, alegando problemas de saúde, no dia 24 de maio. Porém, a Justiça determinou a sua volta para a prisão preventiva no dia 27 de junho. Cancellier se encontra recluso na cela da área de enfermaria da Penitenciária Industrial de Joinville.

Leia também:

Após mais de dez dias da decisão, Beto Cabeludo paga fiança e deixa a prisão