A Câmara de Vereadores de Urussanga aprovou a formação da Comissão de Investigação e Processante (CIP) contra Rozemar Sebastião (PDT), o Taliano, e reprovou a CIP contra Odivaldo Bonetti (PP), o Bonettinho. A votação foi realizada na sessão desta terça-feira, dia 19. A recomendação da votação para as investigações contra os dois parlamentares foi do próprio Ministério Público de Santa Catarina, onde a Câmara protocolou a representação do pedido. Os motivos das investigações são devido a casos de desvio de caminhão de areão da prefeitura (LEIA MAIS AQUI). Os suplentes Erotides Borges Filho (PDT) e Izolete Duarte Vieira (PP) participaram da votação, já que Taliano e Bonettinho estavam impedidos de votar nas próprias denúncias.

No caso do Bonettinho, foram quatro votos contrários contra quatro favoráveis, sendo necessário o voto do presidente Elson Roberto Ramos (MDB), o Beto Cabeludo, para o desempate.  Os vereadores Taliano, José Carlos José (PP), Thiago Mutini (PP), e a suplente Izolete votaram contra a formação da CIP contra Bonettinho. Até então, a CIP contra o vereador do PP havia sido aprovada. No entanto, Bonettinho protestou e pediu para que a comissão fosse rejeitada, afirmando que quatro a quatro não era a maioria. A CIP contra ele foi suspensa por causa que a denúncia foi feita pelo presidente Beto Cabeludo, sendo que ele não poderia votar para desempate.

Para a CIP de Taliano, foram três votos contra e cinco favoráveis a abertura. A bancada do PP foi contrária na votação, e o restante dos vereadores, inclusive o suplente do próprio Taliano, votaram a favor. A comissão é formada por três membros: Daniel (presidente); Ademir Bonomi, do MDB (relator); e Bonettinho (membro).

Veja a votação na íntegra:

Na semana passada, o processo contra o vereador Taliano foi suspenso pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Uma Comissão de Investigação e Processante já havia sido instaurada e as oitivas das testemunhas estavam sendo realizadas. No entanto, as investigações foram suspensas após a decisão do TJ. Agora, uma nova CIP foi instaurada para investigar novamente o vereador. Confira mais acessando abaixo:

Defesa de Taliano alega imparcialidade na Comissão de Investigação e Processante

Karine Possamai Della / Da Redação