Operação Integração apreende 100 quilos de maconha

Um homem foi preso por tráfico de drogas

Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil deflagrou a Operação Integração, na tarde de terça-feira (4), na qual foram apreendidos 100 quilos de maconha, objetos furtados, além da prisão em flagrante de um homem de 32 anos, pelo crime de tráfico de drogas, em Gravatal. Segundo o Delegado Éder Juliano Correa Matte, inicialmente a investigação era relacionada a furtos ocorridos em Gravatal neste ano, posteriormente os policiais descobriram que os furtos eram realizados para fomentar o tráfico de drogas que estaria acontecendo na região da Amurel.

Conforme a Polícia Civil, desde o início do ano vários furtos estavam acontecendo no município e a polícia observou semelhança no modo em como eles eram realizados. Foi identificado o veículo utilizado nos furtos e os suspeitos dos crimes. Além de dois apartamentos, em Tubarão, usados para guardar os objetos subtraídos.

Na tarde desta terça-feira (4), os policiais receberam a informação de que os criminosos se deslocariam até a Florianópolis para buscar uma grande quantidade de drogas, as quais seriam comercializadas na região de Tubarão. Montou-se uma operação para abordar o veículo e cumprir os mandados de busca e apreensão. O veículo acabou fugindo da Polícia Rodoviária Federal e dois ocupantes abandonaram o carro, em Paulo Lopes, e fugiram a pé. A polícia encontrou o carro e os 100 quilos de maconha no porta-malas.

Um homem de 32 anos foi preso. Ele era alvo das investigações e principal responsável pelo veículo e pelos furtos, possuindo vários antecedentes criminais. Nos dois apartamentos em Tubarão, foram apreendidos objetos identificados como subtraídos dos furtos investigados, além de elementos que serão utilizados como provas.

A investigação foi realizada pela Delegacia de Polícia de Gravatal, a qual contou com o apoio Agência de Inteligência da Polícia Militar de Gravatal e Tubarão, Polícia Civil de Armazém, Divisão de Investigação Criminal de Tubarão (DIC), Polícia Rodoviária Federal e Pelotões de Patrulhamento Tático da PM de Imbituba, Tubarão e Braço do Norte.