O prefeito de Morro da Fumaça, Noi Coral, protocolou na Câmara de Vereadores o projeto de lei que dispõe sobre a proibição da inauguração e a entrega de obras públicas inacabadas ou que não estejam em condições de atender a população.

De acordo com o prefeito, o objetivo é banir a prática populista no município de entregar obras que não estão prontas para cumprir com a sua finalidade. “Nos primeiros meses de nossa gestão enfrentamos muito transtornos corrigindo ou até precisando refazer obras que foram inauguradas por outras administrações sem a devida conclusão da mesma”, explica o Coral.

Na avaliação do prefeito, uma obra inacabada entregue para a comunidade gera mais transtornos e prejuízos do que aguardar a sua conclusão. “Infelizmente tivemos gestores que entregaram obras no nosso município que não estavam prontas para o uso. Isso frustra a população, que quando prestigia um ato de inauguração acredita que a obra já esteja concluída e pronta para ser utilizada pela comunidade”, comenta.

O projeto será analisado pelos vereadores, antes de ir ao plenário para votação e aprovação. A expectativa do chefe do poder executivo é de que o projeto seja aprovado pelos vereadores e que, desta forma, nenhuma obra seja mais inaugurada em Morro da Fumaça sem estar completamente apta para atender a população.

Colaboração: Filipe Casagrande/Governo Município Morro da Fumaça