Com o objetivo de manter os lotes baldios limpos, a prefeitura de Morro da Fumaça está promovendo a campanha “Terreno limpo, cidade limpa”. Os proprietários de terrenos devem manter o local limpo, fazendo o corte do mato e evitando entulhos como forma de prevenir mosquitos e doenças. Caso o lote não esteja limpo, a prefeitura irá notificar o proprietário. Após 15 dias da notificação, a prefeitura irá fiscalizar novamente o terreno. Se ele não estiver limpo, a proprietário ganhará uma multa, além de ter que pagar pela limpeza realizada. A ação faz parte de uma lei municipal.

Conforme a diretora superintendente da Fundação Municipal do Meio Ambiente de Morro da Fumaça (Fumaf), Silvia Rozeng, manter os terrenos limpos e roçados é uma questão de saúde pública, já que evita o aparecimento de insetos, escorpiões e cobras. “É muito mais vantajoso para o proprietário deixar o terreno dele limpo, do que nós da Fundação, Vigilância Sanitária e Obras multar, realizar a limpeza e depois cobrar a limpeza também. Então a gente pede que os proprietários tenham esse cuidado, porque é a responsabilidade deles”, ressaltou Silvia.

Ouça mais detalhes na entrevista completa realizada no Comando Marconi com a diretora Silvia:

 

Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba as principais notícias que foram destaques na programação da Marconi FM