O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público, está realizando a Operação Penalidade Máxima, em Criciúma e em Chapecó. A ação apura possíveis manipulações de resultados em jogos de futebol. Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão nas duas cidades durante a manhã desta terça-feira, dia 18. A informação é da Rádio Chapecó.

A investigação iniciou com a análise de três jogos: Vila Nova e Sport; Criciúma e Tombense; e Sampaio Corrêa e Londrina. Na partida do Tigre, a investigação é voltada a conduta de um zagueiro do Tombense. A princípio, os jogadores do Criciúma não são investigados.

Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba as principais notícias que foram destaques na programação da Marconi 99.9 FM