Forcri é contrária a judicialização do pedágio na BR-101 Sul

De acordo com o presidente do Fórum das Entidades de Criciúma (Forcri), Dalto Moro, a intervenção da justiça vai causar prejuízos para a região

Foto: reportersul.com.br

Enquanto a Federação Catarinense de Municípios (FECAM) e outras entidades do sul são a favor da judicialização dos pedágios no trecho sul da BR-101, o Fórum das Entidades de Criciúma (Forcri) é contra a medida.

De acordo com o presidente do Fórum, Dalto Moro, a intervenção da justiça vai causar prejuízos para a região. Moro participou nesta segunda-feira (27) do programa Comando Marconi. Ouça a entrevista completa:

 

A redação