O Criciúma não joga desde o dia 30 de abril, quando perdeu para o Bahia, por 1 a 0, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Pelo Campeonato Brasileiro, o Tigre não entra em campo desde o dia 27 do mês passado, quando goleou o Vasco.

Apesar do longo período sem jogos oficiais, o zagueiro Tobias Figueiredo, que estava lesionado, considera que foi importante para a sua recuperação.

“Foi uma fase complicada, me lesionei logo na final e é algo que não dá para controlar, mas essa parada ajudou para não perder tanto jogos como poderia perder. Agora é trabalhar para voltar ao melhor possível”, disse Tobias, recuperado de uma lesão no adutor da coxa.

O zagueiro chegou ao clube em meio a disputa do Campeonato Catarinense. Até o momento realizou quatro jogos pelo Criciúma. “Já estou adaptado, o grupo me recebeu muito bem, a cidade é bastante tranquila, o grupo fantástico, e não tem como não adaptar bem”, relatou.

O Tigre volta a campo na próxima quinta-feira, 23, pela terceira fase da Copa do Brasil. Ao contrario da Série A, a competição não foi paralisada pela CBF e segue normalmente, exceto para os times gaúchos que tiveram seus jogos adiados até o dia 27 de maio.