O governador Carlos Moisés nomeou Vitor Balthazar como o novo secretário de Estado da Educação. A informação foi publicada no Diário Oficial do Estado na última quinta-feira, dia 28. Balthazar ocupava o cargo de secretário adjunto, que agora será ocupado por Maria Tereza Paulo Hermes Cobra, ex-diretora de Ensino da pasta. As mudanças na Secretaria da Educação (SED) ocorrem um mês após Luiz Fernando Vampiro deixar o cargo de secretário e voltar a exercer seu mandato como deputado estadual. A dupla realizará a gestão de uma rede de ensino composta por 1.054 unidades escolares e aproximadamente 540 mil estudantes matriculados.

O novo secretário

O novo secretário tem 18 anos de experiência e atuação profissional na educação pública, com trajetória em diversos níveis. Graduado em Educação Física e Pedagogia, possui especializações em Gestão Escolar e Fisiologia no Exercício e na Reabilitação. Atualmente é mestrando em Educação.

Vitor Balthazar é professor efetivo de Educação Física na rede estadual desde 2014. Entre 2017 e 2018, foi diretor da EEB Leonor de Barros, em Florianópolis, até assumir a Coordenadoria Regional de Educação da Grande Florianópolis, em 2019. Em dezembro do mesmo ano, assumiu o cargo de secretário adjunto da SED.

Nova secretária adjunta

Maria Tereza Paulo Hermes Cobra possui Licenciatura em Língua Portuguesa e em Supervisão Escolar, além de uma pós-graduação em Ação Integrada dos Especialistas em Assuntos Educacionais e formações em universidades dos Estados Unidos e da França. Entre 1992 e 1994, foi coordenadora Pedagógica de uma creche da Capital catarinense e, durante 25 anos, atuou como gerente de Educação Básica na rede do Serviço Social da Indústria (Sesi) em Santa Catarina.

Chegou à SED em 2019, como gerente de Ensino Médio e Profissionalizante, e desde o início de 2021 ocupava a função de diretora de Ensino. Neste período, atuou na retomada das aulas presenciais durante a pandemia e coordenou a elaboração e o lançamento do novo Currículo Base do Ensino Médio para o Território Catarinense.

Com informações do Governo de Santa Catarina