As comunidades de Belvedere, Belvedere Baixo, São Donato e Coxia Rica, todas localizadas no interior do município de Urussanga, serão contempladas com o projeto “Urussanga + Conectada”, que visa levar internet para as zonas rurais da cidade. As inscrições para o cadastro estarão abertas de terça-feira, dia 4, até sexta-feira, dia 7, na sede da prefeitura, no setor de Tributação.

A prefeitura subsidiará a instalação da rede com um valor de até R$ 3 mil por propriedade. Os moradores interessados deverão apresentar cópias dos seguintes documentos no momento da inscrição: documento pessoal (RG, CPF ou CNH); comprovante de residência (conta de água, luz, telefone ou contrato de aluguel) com data de emissão recente, de até 90 dias; e o número da conta bancária ou da chave PIX para receber o subsídio, que deve estar no nome do titular do contrato. É importante ressaltar que o morador deve estar em dia com as contas da prefeitura para ser elegível ao benefício. O assunto foi abordado em entrevista com a secretária de Administração, Andresa Baldessar. Ouça mais:

Parte 01

 

Parte 02

 

Os horários para as inscrições são das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas. O prefeito Jair Nandi destaca a importância da retomada deste projeto, enfatizando que ele permite que os moradores continuem com seus trabalhos na zona rural, melhorem a comunicação e auxiliem os estudantes a manterem-se conectados. “Iniciamos este projeto em 2021 e agora o retomamos, pois compreendemos a relevância que ele possui para os residentes das áreas rurais do município. Hoje, a internet é fundamental para os estudos, para o agricultor que precisa emitir uma nota fiscal eletrônica e também para se comunicar”, afirma o prefeito.

A empresa responsável pela instalação da internet, Unifique, informou que o servidor central para a localidade já está concluído e que a equipe para a implementação da rede está organizada. “É bem provável que, após o cadastro ser aprovado, tenhamos uma estimativa de 60 dias para que a internet chegue às residências, dependendo apenas das condições climáticas”, destaca a gerente de Urussanga, Paula Frigo.

Colaboração: Vanessa Matiola / Assessoria de Imprensa