A Miss Tubarão, Raquel Utiama, concorrerá ao Miss Brasil Culture 2023. Raquel ficou entre as três finalistas do Miss Santa Catarina Worldwide, garantindo vaga para concorrer ao concurso nacional. O novo desafio será realizado no mês de novembro, em Curitiba. Agora, Raquel tem oito meses para se preparar para o Miss Brasil Culture. O programa Ponto de Encontro abordou mais sobre o assunto e a história de vida da Miss Tubarão em entrevista com Raquel. Ouça na íntegra:

Parte 01

 

Parte 02

 

Nascida em São Paulo, Raquel se mudou para Tubarão ainda na infância porque seus avós moravam na cidade. A miss tem 26 anos e é acadêmica do curso de Medicina. Além disso, atua na área política, sendo secretária geral do União Jovem do estado, e na causa social, sendo integrante do Rotary Clube. “É um pouquinho de cada, mas tudo se conversa”, destaca a miss. “O concurso de miss é para elevar a beleza da cidade, representar o nome do estado também”, finaliza.

Raquel foi convidada pelo Kabeto, organizador do Miss Santa Catarina Worldwide 2023, para participar do concurso. Ele explicou que ela entraria no concurso como Miss Tubarão para representar o estado. “Eu nunca tinha pisado em uma passarela, não tinha experiência nenhuma. Eu tinha feito uma aula só antes de ir para o evento, porque eu realmente não tinha experiência”, conta. Na etapa estadual, seis candidatas participaram na categoria adulto, das quais três foram classificadas.

Para o Miss Brasil Culture 2023, Raquel terá aulas de desfile na passarela, aperfeiçoando seu desempenho. Serão três desfiles: um com roupa típica da região, um de biquíni e outro com roupa de gala. Raquel conta que o grande desafio foi realmente na passarela. No discurso, a miss fala que se saiu bem, principalmente porque gosta de falar em público no dia a dia.

A família e os amigos de Raquel a apoiam nos concursos. “Eu sempre falo que é a questão da representatividade, principalmente por levar o nome de um estado agora, levar a representatividade dos homens, das mulheres, de toda a sociedade em questão de beleza, mas eu sempre deixo bem claro que não é só a beleza, é o contexto todo, aquilo que tu faz fora do concurso, é o que tu é de verdade, o que faz para a sociedade”, ressalta.