O Sindicato dos Servidores Públicos de Criciúma e Região (Siserp) está discutindo com os municípios sobre as negociações coletivas. Conforme o sindicato, Urussanga foi o único município que ainda não deu resposta. De acordo com o presidente Reginaldo Bernardo, o prazo para o retorno da prefeitura é até o dia 5. “O que tem nos angustiado é que até agora, mesmo a gente insistindo, o governo não dá um retorno sobre o que a gente protocolou, sobre o que a gente conversou naquela mesa de negociação, e a gente tem um prazo curtíssimo”, destacou Reginaldo. “A gente vai tentar novamente hoje ver se o governo se sensibiliza, a gente entende que teve alguns problemas de demissão, alguns outros problemas que vocês acompanham na cidade, mas o servidores não podem pagar o preço novamente por esse problema”, acrescentou.

Segundo Reginaldo, se o projeto não for encaminhado para o Legislativo para aprovação até o dia 5, o município concederá aos servidores apenas o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que é de até 4%. “O trabalhador vai novamente sair perdendo”, salientou o presidente do sindicato. O assunto foi abordado em entrevista no Comando Marconi. Ouça:

 

O presidente ainda comentou que um encontro foi realizado há 20 dias com duas pessoas da prefeitura: o procurador do município e um dos secretários de governo. “Duas pessoas que sentaram a mesa com a entidade e debatemos item por item da pauta, o reajuste do servidor em geral, magistério, piso da enfermagem, alguns outros trabalhadores que têm salários também diferenciados que precisariam fazer a readequação, como os dentistas e outras tantas cláusulas de questões locais de trabalho”, explicou. “A gente aguarda que o município pelo menos responda a pauta e aquilo que a gente sentou na mesa para dialogar e que, se necessário, o município solicite à Câmara uma sessão extraordinária na intenção de aprovar aquilo que a gente acordar”, afirmou.

A reportagem solicitou um parecer, via e-mail, da prefeitura de Urussanga. A resposta foi “Estamos Buscando informações, e assim que tivermos retornaremos”. Uma nova resposta foi encaminhada por volta das 16h41. Leia:

A Secretaria de Administração informa que já houve uma primeira conversa entre os representantes do sindicato e a Gestão Municipal. Foram apresentadas as propostas do sindicato e a Administração está avaliando e uma nova rodada de negociações deverá ser marcada. A Administração destaca, ainda, que sempre chegou a bom termo com o sindicato e buscará todos os meios para que, nesse momento, esse histórico de entendimento se mantenha.