Polícia Civil desencadeia a Operação “Falso Rinso” em Orleans

Um homem foi preso por falsificar sabão em pó da marca OMO

Foto: Polícia Civil

Durante a tarde desta quarta-feira (27), a Polícia Civil prendeu A. L., de 35 anos, suspeito de falsificar sabão em pó da marca OMO, em Orleans.  Através de uma denúncia anônima a polícia recebeu a informação do crime e passou a investigar o caso, requerendo um mandado de busca e apreensão na residência do investigado. O suspeito fabricava e revendia o produto.

Conforme a PC, o mando foi cumprido durante a tarde desta quarta-feira (27). Na residência foram encontrados pacotes de sabão em pó de marcas inferiores, uma caixa de água para misturar o produto, diversas caixas de papelão da marca OMO, caixas de papelão da Unilever para empacotar as caixas de sabão em pó.

O investigado possuiu múltiplas passagens policiais e estaria produzindo uma mistura que gera uma espécie de sabão em pó que, na sequência, são empacotados em caixas da marca OMO e revendidos. O processo fabril de sabões em pó depende de autorização da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

No veículo do homem foram encontradas diversas caixas contendo pacotes de OMO. Conforme o Delegado Ulisses Gabriel, responsável pela investigação, A. L. foi autuado pelo crime contra o consumidor e também será investigado o crime de sonegação fiscal.