Polícia Civil de laguna finaliza investigações relacionadas à Operação Madimbú

O objetivo era apurar o crime de lavagem de capitais e tráfico de drogas em Laguna

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (14), a Divisão de Investigação Criminal finalizou o Inquérito Policial que apurava o crime de lavagem de capitais, praticado por um dos líderes de uma conhecida Organização Criminosa de âmbito estadual, que também vinha praticando o crime de tráfico de drogas. Um taxista local também vinha praticando o comércio indevido.

De acordo com as investigações policiais, um dos líderes de uma conhecida Organização Criminosa Catarinense, após fugir de Laguna por conta de um mandado de prisão preventiva, passou a praticar o crime de tráfico de drogas, à distância, possuindo âmbito de especial atuação o bairro Vila Vitória. Para exercer seus ilícitos, contava com o auxílio de laranjas, um taxista local e familiares passando a comandar e coordenar o tráfico de droga.

Para ocultar, assim, os ativos ilícitos obtidos com a conduta criminosa, sejam provenientes da própria Organização, sejam provenientes do tráfico exercido, passou a ocultar e dissimular seu indevido patrimônio. Para isso comprava veículo registrado em nome de um “laranja”, e outros bens de elevado valor.

O investigado também utilizou a conta de sua companheira para ocultar valores provenientes do tráfico. As investigações, que perduraram aproximadamente 1 ano, apontaram que dois investigados movimentaram e ocultaram aproximadamente R$ 234 mil, quantia essa proveniente dos ilícitos praticados.

Os dois investigados nesta Operação, que praticaram o crime com o auxílio de suas companheiras, já se encontram presos preventivamente, por conta de outras investigações policiais.

Colaboração: Polícia Civil