Com a chegada do outono e inverno, os tutores de animais devem ficar atentos ao calendário vacinal. Assim como os humanos, os cães e gatos também podem pegar uma gripe. De acordo com a médica veterinária da Clínica Lobo Mihause, doutora Denise Regina Gastaldon, a gripe canina é provocada pela bactéria, a bordetella branquiceptica, e pelo vírus da para-influenza canina.

Conforme Denise, os sintomas da gripe canina são parecidos com a gripe em humanos. “Começa assim com uma secreçãozinha no olho, começa aquele lacrimejar mesmo, aí a pessoa acha que tá com um machucado no olho, começa a ter coriza nas narinas também, muitas vezes é só um líquido clarinho transparente, quando progride, aí pode criar secreção purulenta, aí pode evoluir para um problema respiratório mais grave, no caso, afetando os pulmões. Mas uma coisa que é muito característica e que a maioria das pessoas acaba interpretando de maneira errada, é uma tosse. Só que é uma tosse que ela parece realmente que o animal tá engasgado. Ele faz mímica de vômito, parece que ele vai vomitar, e muitas vezes o vômito até acontece, só que o vômito que acontece é mais de secreção, como se fosse uma espuminha branca”, explica.

A veterinária ainda esclarece que a vacina contra a gripe canina é em gotas. Em caso de animais mais agressivos, em que não é possível manipular o imunizante na boca, há opções injetáveis da vacina. O assunto foi abordado em entrevista com Denise no programa Comando Marconi. Ouça mais:

Parte 01

 

Parte 02

 

Os sinais clínicos aparecem cerca de três a sete dias após o animal ter tido contado com a bactéria ou com o vírus. “Em casos mais simples, o animal fica uns quatro, cinco dias tossindo, apresentando esses sinais com coriza, com secreção. Mas em casos mais severos aí pode levar até 10, 15 dias. A gente sempre recomenda, igual quando a gente tem gripe, não deixar muito tempo”, comenta. Na Lobo Mihause, os tutores que levarem seus animais para vacinação irão concorrer a um sorteio de uma cesta com diversos produtos, tanto para os tutores como para os animais. Saiba mais: