A primeira sessão do júri promovida na região sul do Estado neste ano resultou na condenação de um homem a pena de 19 anos e oito meses de prisão. A sessão foi promovida na comarca de Tubarão na última quinta-feira (28), e presidida pelo juiz Guilherme Mattei Borsoi, titular da 1ª Vara Criminal, respeitando todas as medidas de saúde e segurança em função da pandemia de Covid-19.

Segundo a denúncia, os crimes aconteceram em maio de 2014, no Bairro Fábio Silva, na cidade-sede da comarca, quando o acusado teria disparado contra um homem e uma mulher que estavam em um carro. Ele e os comparsas teriam esperado a passagem das vítimas pelo local e iniciado os disparos. A motivação seria vingança por uma das vítimas ter reconhecido os assassinos do irmão, membros da mesma facção do réu, morto em razão da disputa pelo domínio do tráfico de drogas.

O Conselho de Sentença reconheceu a prática de quatro crimes, duas tentativas de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e mediante emboscada, corrupção de menores e porte de arma de fogo de uso proibido. O réu foi condenado a 19 anos e oito meses de prisão, em regime inicial fechado, além do pagamento de 10 dias-multa. Cabe recurso da decisão ao TJSC. (Ação Penal 0006308-22.2016.8.24.0075)​

Colaboração: Jornalista Fernanda de Maman / Comunicação PJSC