Em homenagem ao dia do cooperativismo, comemorado no primeiro sábado do mês de julho, a Cooperja, juntamente com a parceira do Sescoop, Epagri, Pastoral da Saúde da Paróquia Santa Terezinha e seus Núcleos femininos, promoveram o tradicional Dia C, que aconteceu na quinta-feira, dia 4, no Campo Demonstrativo, em Jacinto Machado. O evento reuniu durante todo o dia mais de 300 participantes com ações voltadas a prática e os valores e princípios do cooperativismo. A abertura contou com a presença da direção da cooperativa, explanação das atividades do horto e palestra com Caroline Berlanda, que abordou o tema saúde mental, bem-estar emocional e cooperativismo unindo famílias e gerações.

Aconteceram ainda as oficinas de risoto de tipos especiais de arroz Naturizi, panificação com panc’s, pomada milagrosa, sal temperado, hidromel e refrigerante de mel, escalda pés, velas aromáticas, aromaterapia, estaquia alporquia, geleia de hibisco, sabonete artesanal com plantas bioativas e produtos sem glúten, sem lactose, sem leite.

Para o presidente Vanir Zanatta, também presidente da Ocesc, o dia internacional do Cooperativismo, é a forma de mostrar o trabalho para a sociedade. “Acontecem eventos em todas as cidades, que tem cooperativa. É um dia dedicado a cooperação. Por isso a Cooperja realizou essa transferência de conhecimento, para sócio e não sócios, mostrando nosso interesse pelas pessoas, pelas comunidades. Assim é o cooperativismo, onde ele atua a população se desenvolve junto. Somos pessoas cuidando de pessoas. Um grande abraço da cooperação”, fala Zanatta.

Segundo a coordenadora Social da Cooperja, Elisabete Biz dos Santos, o evento foi sucesso novamente, com número maior de participação. “Esse evento só mostra para as comunidades toda atuação da Cooperja, das parcerias envolvidas, e preocupação com o sétimo princípio do Cooperativismo que é o interesse pelas comunidades. Tivemos 12 oficinas simultâneas que mostraram na prática, cooperação, troca de conhecimento e muita interação com os participantes, além da palestra que mostrou o cuidado que temos que ter com nossa mente. Hoje trabalhamos o corpo e a mente. Ficamos muito felizes com todos os retornos positivos que recebemos, e alegria transformadora que cada participante levou para sua casa”, destaca Biz.

Para a participante de Morrinhos do Sul/RS, Monica Evalt Correia, o evento foi maravilhoso de muito aprendizado. “Um dia que todas nós restauramos nossas energias e vamos voltar para casa com mais otimismo. As oficinas nos proporcionaram muitas amizades e aprendizados que não ocupa espaço. Agradeço imensamente a toda organização da Cooperja”, destaca. O evento tem como objetivo levar alternativas de saúde para quem tem interesse, além de destacar a importância da cooperação e ajuda mútua.

Colaboração: Aline Somariva / Assessoria de Imprensa