A Cooperja é a primeira empresa da cidade de Santo Antônio da Patrulha, no Rio Grande do Sul, a aderir ao Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública do Rio Grande do Sul (PISEG-RS), que foi criado através da Lei Complementar Nº 15.224/2018, que tem por objetivo aumentar o aparelhamento da segurança pública através de recursos correspondentes ao ICMS.

O programa permite aos contribuintes destinar parte seu ICMS, para aplicação em ações de combate à criminalidade. Além de destinar os valores para aparelhamento e segurança pública, também é destinado o recurso adicional de 10% ao Fomento as Ações de Prevenção o FAP, que é destinado à área de educação, que envolvam crianças e adolescentes em situações de vulnerabilidade social neste município.

Desta forma, aconteceu na noite de terça-feira, dia 4, na Câmara de vereadores, a apresentação do programa para a comunidade e para o comando da Brigada Militar. Na oportunidade, a Cooperativa, representada pelo gerente industrial da unidade de Santo Antônio da Patrulha/RS, Julberto Mendes, recebeu do comandante da 2ªCia/8ºBPM Thaires Costa Selister o certificado de agradecimento pelo repasse já realizado no valor de R$ 25 mil.  “Esse é o início de uma grande parceria, a Cooperja acredita e apoia o projeto”, destaca Mendes.

O objetivo da Brigada Militar com esses repasses será a renovação da frota de viaturas e aquisição de equipamentos para os Policiais Militares. Para o presidente da Cooperja Vanir Zanatta, esta ação faz parte do 7º princípio do cooperativismo, ou seja, interesse pelas comunidades, assim é o cooperativismo, além de buscar desenvolvimento regional, também se preocupa com a segurança e qualidade de vida das pessoas. “Estamos felizes por poder participar desse projeto, é a cooperação mostrando sua força, espero que outras empresas venham juntos, pois com uma Brigada estruturada, a comunidade se sente mais segura”, ressalta Zanatta.

Colaboração: Aline Somariva / Assessoria de Imprensa