A primeira capela da comunidade de Coxia Rica, em Urussanga, começou a ser construída em 1930. Sendo de madeira, o local passou a ter como padroeira a Nossa Senhora da Natividade. Por volta de 1978, os moradores iniciaram a construção de uma igreja. Em 1983, um forte vendaval destruiu o telhado da igreja, gerando prejuízos também na imagem de Madonna del Bambin, trazida da Itália pela família de Beatriz Maffioletti com a ajuda do padre Luiz Gili. Em 2018, o local passou por outra reforma. Agora, a comunidade busca reformar e ampliar o salão de festas da igreja da comunidade.

Para isso, os moradores estão promovendo a Segunda Feijoada entre Amigos, que acontece dia 13 de julho, a partir das 19h30. A janta possui o valor de R$ 55,00 e os ingressos podem ser adquiridos com a Maricler, responsável pelo Caep, através do telefone 48 92001-6004. Todo o valor com o evento será destinado para a compra de materiais de construção. Além disso, a comunidade está realizando a venda de uma ação entre amigos no valor de R$ 10,00. Há prêmios em dinheiro, de R$ 200 e R$ 600, uma terneira e uma novilha. O assunto foi destaque em entrevista no Ponto de Encontro. Confira:

 

Além da feijoada e da ação entre amigos, as pessoas que quiserem contribuir com a comunidade podem fazer doações de materiais de construção. “Graças a Deus Urussanga está numa fase ainda que estamos melhorando e ampliando. Isso é sinal que a comunidade também quer receber bem as pessoas que vão lá quando tem dias de festa. Eu fiquei sabendo desde o dia que eu cheguei, a comunidade se reúne no salão. Nos domingos vão lá jogar um baralhinho. Esse é o objetivo de ser igreja, né? Se reunir. Não apenas no momento celebrativo religioso, mas no momento comunitário. Como é bom as famílias se reunirem”, comenta o pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, padre Giliard Cesconetto Gava, sobre a ação promovida em Coxia Rica.