Em 13 de março de 1959, 13 amigos se reuniam em um bar de Urussanga. Foi mais um encontro normal que os colegas tinham, mas nesse dia, o Clube dos Treze foi formado na cidade. Após 64 anos, o clube ainda existe e presta um importante papel social para a região, auxiliando em projetos e pessoas necessitadas. Para destacar a importância do clube, a história, as mudanças com o passar dos anos e as atividades que são realizadas, o programa Ponto de Encontro realizou uma entrevista especial com o presidente Valcir Morais e com o integrante Edevaldo Nascimento. Ouça na íntegra:

Parte 01

 

Parte 02

 

Apesar de ter 64 anos de história, o Clube dos Treze possui até então 72 presidentes. Edevaldo explica que, no início, de 1959 até 1967, o mandato do presidente era de seis meses. Além disso, houve um ano que o clube suspendeu as atividades. “Foi em 1968, em virtude da época da ditadura militar. Então correu alguns rumores aqui na região de que existia um clube na cidade, e que talvez houvesse alguma coisa por trás de tudo isso”, comenta. “O pessoal que fazia parte na época achou por bem, então, desativarem ele por um período de um ano”, completa. De 1969 até 2014, o mandato da presidência foi de um ano. De 2014 até atualmente é de dois anos.

Há alguns anos o grupo é formado por 13 casais, mas nem sempre foi assim. Durante muito tempo o clube era formado somente por homens, sempre com 13. Mas essa característica mudou a medida que mais trabalhos e projetos sociais eram desenvolvidos pelo grupo. Desde então, as esposas dos integrantes passaram a fazer parte das atividades realizadas pelo clube. Atualmente, o clube possui 11 casais devido ao falecimento recente de dois integrantes.

Os casais se reúnem duas vezes por mês para discutir os trabalhos e atividades. A construção do Centro Comunitário da Igreja Matriz; doação de terrenos para construção de capelas; ajuda no pagamento de contas de energia e de água; doações de alimentos, e muito mais são algumas das ações realizadas pelos integrantes do clube.

O Clube dos Treze também está presente na promoção e na divulgação da cultura urussanguense. Em festividades como a Festa do Vinho e o Ritorno Alle Origini, os casais, em parceria com familiares e outros voluntários, promovem a tradicional comida típica italiana. Massa caseira, molhos, polenta, risoto, galinha ensopada, costelinha de porco frita e saladas. Este é o tradicional cardápio que atrai dezenas de pessoas a praça D’Itália sempre que Urussanga promove as festas no Parque Municipal.