O IV Cicloturismo de Morro da Fumaça movimentou as áreas urbana e rural do município na manhã desse domingo, dia 16. Com a chuva presente durante todo o período do percurso, a atividade contou com um cenário diferenciado aos participantes. “A chuva trouxe um desafio extra aos ciclistas, entretanto, apesar de persistente não comprometeu o sucesso do evento. Tivemos pouquíssimas desistências e ultrapassamos o número de 500 participantes. Nosso especial agradecimento ao grupo Equipinga, a equipe da Fundação Municipal de Esportes (FME) e ao Governo Municipal pela parceria para a consolidação de mais uma edição do Cicloturismo”, destaca o coordenador de Esporte, Carlos Sweder.

A iniciativa contou com a participação de ciclistas de diversas cidades catarinenses e estados vizinhos, os quais puderam vivenciar uma experiência única ao percorrer o território fumacense.  “O Governo Municipal agradece a participação de todos e reforça o convite para as futuras edições do Cicloturismo e demais eventos da municipalidade”, pontuou o vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo ao dar as boas-vindas aos visitantes.

O mapa dos percursos do IV Cicloturismo foi estruturado em duas rotas: amador de 24 km com 300 de elevação e o Sport de 48 km com 900 de elevação. A rota do amador contou com duas trilhas e nível de dificuldade leve. A rota Sport reuniu dez trilhas, com trilhas single (uma bike por vez), passando por cachoeiras, nascentes de rio e pontes, em meio da mata e plantações.

“O evento foi melhor do que esperado, achei que a chuva iria atrapalhar, mas para mim ela foi a cereja do bolo. Tudo bem marcado e sinalizado. Ótimo suporte, ver os carros do governo de Morro da Fumaça dava mais segurança pois você olhava e já sentia que tinha auxílio e ajuda se caso precisasse”, avalia o cocalense, Jhonne Tonet, que pedala a seis anos e veio até Morro da Fumaça para mais um desafio neste final de semana.

Além de se desafiar também teve aqueles que compareceram para pedalar com o objetivo de dar apoio aos demais participantes. Galliano Zomer Marcon, motorista de caminhão, participou do evento com o propósito de incentivar os demais ciclistas. “Este é o terceiro ano que participo, sempre com o projeto Fechando Porteiras, dando um apoio extra e incentivando os participantes. Foi perfeito, a chuva dificultou, mas trouxe mais emoção para o percurso”, compartilha.

Ao concluir o percurso, todos os participantes receberam medalha de participação. As três maiores equipes, os três participantes de maior idade feminino e masculino foram agraciados com premiação específica.

No sábado, dia 15, véspera do  IV Cicloturismo, a municipalidade também promoveu o I Cicloturismo Kids, que mobilizou aproximadamente 50 crianças. Acompanhada dos pais e responsáveis, realizaram um passeio ciclístico pelas principais ruas da cidade e participaram de atividades recreativas organizadas nas imediações da Casa da Nonna, na região Central da cidade.

Confira os vencedores das categorias especiais do IV Cicloturismo: 

Maior equipe:
1º lugar –  Pedal Longão;
2º lugar – Turma do Alambique;
3º Lugar – Urussanga Ciclismo.

Atletas de maior idade feminino:
1º Lugar – Maria Tereza Chagas;
2º Lugar – Cris Wickert;
3º Lugar – Edna Morgotti.

Atletas de maior idade masculino:
1º Lugar – Lourival Renato Fucci Souza;
2º Lugar – Alberto Peron Bernardo;
3º Lugar – José Renato Fucci Souza.

Colaboração: Daiana Carvalho / Assessoria de Imprensa