A aplicação das doses de reforço com a vacina bivalente para imunização contra a Covid-19 iniciaram nesta segunda-feira, dia 27, em todo o Brasil. O termo “bivalente”, deve-se ao fato de as vacinas aumentarem a imunidade contra o vírus da cepa original, bem como da variante Ômicron. Em Urussanga, as equipes de saúde já receberam as doses e deram início as imunizações, que estão sendo realizadas em todas as Unidades de Saúde do município, das 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h.

De acordo com a Secretária de Saúde de Urussanga, Ingrid Zanellato, o imunizante bivalente autorizado é da fabricante Pfizer-BioNTech e a aplicação da dose de reforço inicia neste momento pelas pessoas com idade maior ou igual a 70 anos; pessoas vivendo em Instituições de Longa Permanência (ILP) a partir de 12 anos, abrigados e os trabalhadores dessas instituições; imunocomprometidos; comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas.

“É preciso alertar também, para o caso de pessoas que nem sequer completaram o esquema vacinal primário com as duas doses oferecidas anteriormente. Segundo recomendações do Ministério da Saúde, para ter direito a nova dose de reforço bivalente, a pessoa deve comprovar ter tomado a primeira e segunda dose iniciais, ou a dose única da Janssen”, destacou Ingrid.

Ela explica ainda que pessoas com o esquema de vacinação completo têm menos chances de evoluir para casos graves da doença. “Essas vacinas bivalentes vão aumentar o número de anticorpos e poderão proteger contra essas subvariantes que hoje dominam o cenário epidemiológico, mas é preciso”, completou a Secretária.

Ouça a entrevista com a Secretária de Saúde de Urussanga, Ingrid Zanellato, e com a Enfermeira Marília Marcineiro:

 

Para receber a vacina, o indivíduo deve apresentar comprovante de vacinação com no mínimo as duas doses iniciais, sendo necessário um prazo de quatro meses desde a última aplicação e um documento pessoal com foto. Para os imunocomprometidos é necessário ainda uma declaração médica ou documento que comprove a condição.

Posteriormente, outros grupos serão vacinados, conforme autorização da Secretaria Estadual de Saúde e da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, que encaminhará as doses ao município. Se correr dentro do prazo estimado, a vacinação dos próximos grupos ocorrerá da seguinte forma:

Fase 2 (a partir de 06/03/2023): pessoas de 60 a 69 anos de idade;

Fase 3 (a partir de 20/03/2023): gestantes e puérperas;

Fase 4 (a partir de 17/04/2023): trabalhadores da saúde;

Fase 5 (a partir de 17/04/2023): pessoas com deficiência permanente, população privada de liberdade (a partir de 18 anos); adolescentes cumprindo medidas socioeducativas (menores de 18 anos) e funcionários do sistema de privação de liberdade.

Colaboração: Ana Paula Nesi / Assessora de Comunicação Prefeitura de Urussanga

Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba as principais notícias que foram destaques na programação da Marconi 99.9 FM.