O Governo de Criciúma, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, iniciou a vacinação contra a Covid-19. As primeiras cinco doses foram aplicadas na manhã desta terça-feira (19), assim que as vacinas chegaram à cidade, em evento simbólico realizado no Salão Ouro Negro da prefeitura. Nesta primeira etapa serão imunizados trabalhadores da área da saúde que auxiliam no combate à pandemia e também idosos que residem em Instituições de Longa Permanência (ILPIs/asilos).

Foto: Letícia Ortolan

Para o município foram encaminhadas 2.294 doses. Cada paciente receberá duas doses, com intervalo de 21 dias. Novos encaminhamentos de vacinas estão sendo aguardados pelo Município, que acompanha o Plano Nacional de Vacinação. “Este mesmo espaço onde por tantas vezes pedimos que a população colaborasse, respeitasse as orientações sanitárias, agora é palco de um momento muito especial e de muita alegria para todos os criciumenses. É verdade que ainda não temos doses suficientes para todos, mas é um primeiro grande passo, já que a vacina é única saída prevista para esta pandemia. A vida em primeiro lugar”, destacou o prefeito, Clésio Salvaro, antes de acompanhar o início da vacinação.

As primeiras cinco pessoas vacinadas são profissionais da área da saúde do Município e instituições hospitalares da cidade. A primeira a receber a imunização foi a Agente Comunitária de Saúde (AGS), Adelaide Santiago, de 61 anos. “Senti muita emoção. Eu achei que chegou rápido demais, eu pensava que a vacina ia demorar para chegar. Durante o ano passado, eu trabalhei de agente de saúde e não parei, graças a Deus ocorreu tudo bem. Quando eu recebi a notícia eu estava trabalhando no meu posto, na hora nem acreditei. Eu estou muito feliz e emocionada”, afirmou a agente, lembrando que três agentes comunitárias de Criciúma morreram em decorrência da Covid-19.

Além da Adelaide foram vacinadas, Maria Helena Queiroz Pessoa, 55 anos, técnica de enfermagem do Hospital São José; Vanilda Duarte da Silva, 57 anos, higienizadora; Douglas José Nazário, 64, fisioterapeuta; e Isoleia Romagna, 51 anos, enfermeira do Pronto Atendimento da Unimed.

A Secretaria de Saúde de Criciúma fará a logística para vacinar estes profissionais. Seringas, agulhas e 40 câmaras frias, sendo uma com capacidade de mil litros, já foram adquiridas. Agora, a pasta aguarda definições do Ministério da Saúde para iniciar a capacitação de vacinadores e definir os detalhes para imunização de toda a população.

“Finalmente estamos vacinando e imunizando. Sabemos que são poucas doses, mas é a primeira etapa e esperamos que em breve outros lotes cheguem para atendermos a todos”, enfatizou o secretário de Saúde, Acélio Casagrande. Também estiveram presentes no evento, o vice-prefeito, Ricardo Fabris; a reitora da Unesc, Luciane Ceretta; o comandante da 6ª Região de Polícia Militar, coronel Evandro Fraga; e a diretora-geral do Hospital São José, Irmã Isolene Lofi.

Colaboração: Simone Costa / Assessoria de Comunicação