Uma das atrações que marcou o aniversário de 143 anos de Criciúma nesta sexta-feira, dia 6, foi a inauguração do Parque Astronômico Municipal Albert Einstein E=mc². A inauguração do espaço contou com a participação de autoridades, entidades da sociedade civil, moradores, profissionais e estudantes da Secretaria Municipal de Educação, fazendo parte das celebrações do aniversário da cidade, em uma programação que contou com o patrocínio da Caixa Econômica Federal. O local, será um ambiente que incentivará os estudos e a observação do universo, despertando a curiosidade sobre as áreas que compõem a Astronomia em Criciúma.

O Parque Astronômico de Criciúma está localizado no Morro Cechinel, estando lincada ao futuro novo ponto turístico do município, o Mirante Realdo Santos Guglielmi. O parque leva o nome de uma das principais fórmulas científicas conhecidas no estudo da ciência: a Teoria da Relatividade do físico alemão, Albert Einstein.

A obra do Parque Astronômico foi construída em uma área de 966,66 metros quadrados com um investimento total de mais de R$ 8 milhões, incluindo a aquisição do terreno, a construção das estruturas e a compra dos equipamentos que compõem todos os elementos presentes no parque.

“Inaugurar e trazer o ambiente de um Parque Astronômico para a cidade de Criciúma, são ações que me enchem de felicidade. É uma obra que será considerada um dos espaços mais importantes de nossa cidade, e que ajudará a despertar, ainda mais, o conhecimento, a curiosidade e o questionamento. Desse modo, fazendo o estudo da Ciência fazer parte não só da vida de nossos estudantes, mas de todos os criciumenses“, comemorou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

Durante a inauguração foi realizada uma visita completa por todos os elementos do parque. O tour contou com apresentação de um vídeo no planetário e explicações do geólogo da prefeitura de Criciúma, Mauricio Thadeu Fenilli, a respeito do universo e da Astronomia em geral. A inauguração também teve a presença de apresentações e uma feira com venda de produtos de artesanato e lembranças da cidade, organizada pela Fundação Cultural de Criciúma (FCC), em parceria com a Afasc e com a Associação de Micro e Pequenas Empresas (Ampe).

Visita especial

A inauguração do espaço também contou com a presença do segundo brasileiro a viajar ao espaço, o tripulante Victor Hespanha. O brasileiro morador de Belo Horizonte, Minas Gerais, é formado em Engenharia de Produção com experiência em gestão estratégica, projetos e finanças. A decolagem ocorreu no ano de 2022 em West Tezas, Estados Unidos, pela Blue Origin, empresa de Jeff Bezos, dono da Amazon.

Avanços proporcionados na educação

Os estudos da Astronomia já eram realizados com estudantes nas salas de aula durante as matérias que compõem o currículo escolar e, também desde 2018 nas atividades praticadas nos Clubes de Astronomia no contraturno escolar. De acordo com o secretário municipal de Educação, Celito Cardoso, esses projetos foram algumas das ações que motivaram a criação e o projeto de um Parque Astronômico no município de Criciúma.

“Todo o período de construção dessa grande obra pode ser definido por uma palavra: dedicação. Todos os momentos, desde o início do projeto até essa inauguração, são considerados momentos de conquistas para a cidade e de grande importância para o ensino e para toda a educação”, enalteceu o secretário.

Segundo a coordenadora-geral da Secretaria Municipal de Educação, Cristiane Uliane Fretta, o parque será um instrumento de estudos lúdico, didático e de iniciação astronômica, considerado uma viagem pelo conhecimento para todos que visitarem o seu espaço. O local conta com um planetário digital, exposições de constelações, laboratórios, telescópios e observatórios a olho nu.

“A concretização dessa grande obra para a cidade demonstra um sentimento de gratidão. Principalmente, porque essa inauguração fará com que esse espaço não se torne apenas uma referência turística. Mas sim, um grande espaço pedagógico que os nossos próprios estudantes poderão visitar e ter um contato ainda maior com a ciência e com a tecnologia”, pontuou.

Além de promover um espaço de imersão ao universo para os seus visitantes, o parque também será uma oportunidade para trazer e promover eventos focados no estudo da Ciência e da Astronomia na cidade. Conforme a coordenadora, um dos objetivos da secretaria para este ano de 2023 é trazer e realizar o X Simpósio Catarinense de Astronomia em Criciúma.

Visita pelo Parque Astronômico

Os visitantes, durante as visitas guiadas, poderão observar um monumento da Teoria da Relatividade e uma estátua do Albert Einstein e de grandes cientistas para valorizar a história da ciência, um Relógio Solar, uma Esfera Armilar, escultura do solstício e planetas, o Monumento do Bicentenário com a cápsula do tempo e um observatório ao ar livre.

O local também conta com um vídeo informativo sobre os conceitos astronômicos com curiosidades a respeito do universo, um Centro de Informação e Formação e um espaço com quatro telescópios para estimular a curiosidade a respeito dos elementos presentes no sistema solar. Os telescópios foram doados ao espaço pela Betha Sistemas.

Para o geólogo da prefeitura de Criciúma, Mauricio Thadeu Fenilli, dentre os vários objetivos que o parque demonstra, um dos principais é fascinar as pessoas. “Então, por meio de todo esse tour que é realizado com os visitantes, o parque apresenta estruturas que proporcionam a fascinação com os elementos do universo, contribuindo na busca pelo conhecimento para todos os visitantes que caminharem pelo parque”, ponderou.

Funcionamento do parque

O Parque Astronômico funcionará todos os dias das 15h às 21h. As sessões do planetário ocorrerão de quinta-feira à domingo às 15h, 17h e 19h e as atividades de observação nos telescópios também de quinta-feira à domingo das 20h às 21h. Para os interessados em participar das sessões será cobrado um ingresso de R$ 10,00 por pessoa que será vendido no local.

Conforme a coordenadora da Secretaria de Educação, Karine Luiz Calegari, crianças menores de seis anos, idosos acima de 60 anos e os grupos de professores e alunos das escolas municipais públicas, estaduais e de creches localizadas no município de Criciúma ficam isento de cobranças.

“Já os professores e estudantes de escolas privadas do município de Criciúma, de escolas públicas e privadas de outros municípios e os universitários que também desejam participar das sessões e de todas as atividades disponíveis no ambiente do parque, será estabelecido o benefício de meia-entrada”, reforçou a coordenadora.

Colaboração: Patrick Stüpp / Decom