Com a chegada do fim e início de ano, as doações de sangue costumam cair. Por isso, o Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) reforça a importância e a necessidade de ser um doador de sangue. Conforme a representante do setor de captação do Hemosc de Criciúma, Daniela Elias, dezenas de pessoas necessitam de doações de sangue todos os dias, seja para cirurgias ou por conta de acidentes. Por isso, é necessário que os estoques estejam em níveis adequados para atender as demandas.

Na região de Criciúma, o centro atende várias cidades de toda a região Sul do estado. O assunto foi destaque em entrevista no programa Comando Marconi com a representante Daniela. Ouça mais na íntegra:

 

Para ser um doador é preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos (jovens de 16 e 17 anos deverão estar acompanhados por um responsável legal) e pesar mais de 50 quilos. Não é necessário jejum, mas é recomendável uma alimentação sem gordura nas quatro horas antes da doação. É necessário apresentar documento com foto. Além disso, uma pessoa que foi vacinada contra a Covid-19 poderá doar após sete dias depois de ter feito a aplicação. Saiba mais sobre os critérios para doação de sangue acessando aqui.

As pessoas de Criciúma e região que querem doar sangue, precisam realizar agendamento através do site do Hemosc ou ligar pelo telefone no número (48) 3444-7410. Acompanhe o trabalho feito pelo Hemosc através das redes sociais: FacebookInstagram e Site.