Três casas foram tomadas por um incêndio no bairro Santana, em Urussanga. A guarnição do Auto Bomba Tanque e Resgate (ABTR-127) de Urussanga foi acionada, na tarde desta quarta-feira, dia 16, por volta das 16h30, por conta de um incêndio em residência privativa unifamiliar. Chegando no local, encontrou tomada pelas chamas três residências.

Uma de madeira de aproximadamente 80m², em fase de diminuição, com predominância de madeira e banheiro e escada de alvenaria. Aos fundos dessa residência havia uma edícula com um veículo na garagem, sendo que o incêndio não atingiu a edícula, porém, danificou parte da pintura na frente do veículo.

Logo acima a guarnição encontrou uma outra residência vizinha de madeira, aproximadamente 70m², em fase de diminuição do incêndio, completamente destruída.

Mais acima, uma terceira residência vizinha, aproximadamente 100m², de material, em fase de desenvolvimento completo, com partes da estrutura com rachaduras apresentando risco de colapso.

Após gerenciamento dos riscos existentes, foi iniciado o combate. Um combatente e auxiliar atuou na residência de alvenaria e outros pela primeira residência de madeira, protegendo o veículo e a edícula que ainda havia perigo de incêndio.

Foram utilizados, aproximadamente, 10 mil litros de água para extinção, rescaldo e resfriamento das áreas adjacentes.

Segundo relato dos moradores, havia na primeira residência uma mulher, que acabou inalando fumaça e sofrendo queimaduras nos membros inferiores, sendo conduzida pelo Auto Socorro e Urgência uma criança de 6 anos que não se machucou, e um cachorro, que foi resgatado pelo próprio morador e também não se machucou.

Na segunda residência não havia pessoas morando e na terceira residência, de alvenaria, o morador informou que viu o incêndio nas casas vizinhas e até tentou resfriar a sua casa com mangueira de jardim porém quando percebeu que as chamas já haviam tomado parte do seu telhado, resgatou alguns pertences e se evadiu.

Os vizinhos informaram que o incêndio se iniciou na primeira residência e ninguém soube apontar supostas causas do incêndio, tampouco a zona de origem do mesmo. O local foi isolado e deixado aos cuidados dos proprietários. O prejuízo relativo aos móveis e demais objetos no interior dos imóveis não puderam ser dimensionados.

A guarnição contou com o apoio dos bombeiros militares de Orleans. Também houve apoio da Polícia Militar de Urussanga e Equipe de Energia da Coopercocal.

Acesse também:

Ação solidária: ajude as famílias de Santana que perderam tudo em incêndio