Estatística (IBGE) e responder ao questionário da entrevista. A participação integral da população tem fundamental importância para o desenvolvimento de Morro da Fumaça. É através da pesquisa que são definidas questões como o valor em recursos a ser destinado pelo Governo Federal ao Município e a quantidade investida em setores como saúde, educação, transporte e infraestrutura.

O agente censitário municipal, Jonas Damiani da Silva, que coordena a realização do Censo Demográfico 2022 em Morro da Fumaça, alerta sobre a participação cidadã. “Muitos moradores têm receio de receber os funcionários do IBGE e responder o questionário, mas não tem o que temer. Os dados informados são sigilosos, não são repassados a ninguém, são utilizados para fins estatísticos”, explica.

O assunto foi destaque em entrevista no programa Comando Marconi com o agente Jonas. Ouça mais na íntegra:

 

Os funcionários percorrem o município uniformizados com boné e colete do IBGE, além de conterem crachá com foto e informação do recenseador. Na identificação ainda possui um QR Code para verificação junto ao site da instituição. Os trabalhadores podem fazer as visitas em horários alternativos, além de fins de semana e feriados. Nenhum funcionário irá pedir para entrar na residência do entrevistado, visto que pode ser feito da porta da residência.

“O objetivo é ninguém ficar de fora. Se o recenseador passar em uma casa que o morador não está, ele irá retornar, além de deixar uma folha de recado para que possa ser agendado um horário mais apropriado para o cidadão. O importante é que todos contribuam para a pesquisa, que é rápida, leva em torno de 15 minutos e pode ser respondida por apenas um integrante da casa”, ressalta o vice-prefeito de Morro da Fumaça, Eduardo Sartor Guollo.

As coletas iniciaram no dia 1º de agosto e iriam até o dia 31 de outubro, mas como não foi possível passar por todas as residências, o prazo foi estendido para até 30 de novembro. A expectativa é de que os números sejam repassados aos municípios até o fim do ano. Em Morro da Fumaça, foram coletadas até esta sexta-feira, dia 4, informações de 13.672 moradores, sendo 5.903 domicílios.

“É um dever do cidadão participar da pesquisa. Uma pessoa que não responde ao questionário é considerada inexistente. Como consequência, são recursos a menos que vêm para o Município, que poderiam estar sendo utilizados para investir na cidade. É com base nesses dados também que são encaminhados créditos para programas sociais, que visam atender as principais carências, e entender as necessidades locais para a implementação de políticas públicas. Responder o Censo é contribuir para o desenvolvimento de Morro da Fumaça, por isso, pedimos que todos recebam bem o trabalhador e respondam o formulário da melhor forma”, solicita o prefeito municipal, Agenor Coral.

O munícipe que não respondeu ao questionário pode entrar em contato pelo número (48) 99989-8396 para agendar uma visita ou receber orientação para responder de forma on-line ou por telefone, como for de sua preferência.

Colaboração: Émerson Justo / Assessoria de Imprensa