O Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) possui baixo estoque de sangue nas tipagens A+, O- e O+. A representante do setor de captação do Hemosc de Criciúma, Daniela Elias, explicou que isso se deve a diversos fatores, como a mudança de clima, no qual as pessoas acabam deixando de ir aos centros, além de alguns cancelamentos devido a falta de combustível por causa das paralisações nas rodovias. “No final do ano a nossa demanda tende a aumentar, hospitais e clínicas necessitam de diversas tipagens, e o número de doadores acaba sendo reduzido”, ressaltou.

O assunto foi destaque em entrevista no programa Comando Marconi com a representante Daniela. Ouça mais detalhes:

 

Para ser um doador é preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos (jovens de 16 e 17 anos deverão estar acompanhados por um responsável legal) e pesar mais de 50 quilos. Não é necessário jejum, mas é recomendável uma alimentação sem gordura nas quatro horas antes da doação. É necessário apresentar documento com foto. Além disso, uma pessoa que foi vacinada contra a Covid-19 poderá doar após sete dias depois de ter feito a aplicação. Saiba mais sobre os critérios para doação de sangue acessando aqui.

As pessoas de Criciúma e região que querem doar sangue, precisam realizar agendamento através do site do Hemosc ou ligar pelo telefone no número (48) 3444-7410. Acompanhe o trabalho feito pelo Hemosc através das redes sociais: FacebookInstagram e Site.