A tarde de terça-feira, dia 11, foi de diversão, bingo, brindes, café colonial e muita alegria para os Grupos de Mães, Melhor Idade e voluntárias na confecção de fraldas da Associação Urussanguense de Assistência Social (Auras), que se reuniram para uma confraternização no Centro Comunitário da Igreja Matriz.

“Fico muito grata de ver todas participando, é um momento delas. Dos grupos se reunirem, comemorarem e celebrarem a vida. Foram dois anos sem poder realizar um encontro como este, devido a pandemia, e hoje é dia de agradecer e celebrar”, declarou a primeira-dama de Urussanga e presidente de Honra do Auras, Thaise Talamini.

Monitora há 14 anos, Maria Aparecida Padilha Bez Batti dá aulas em seis grupos diferentes e falou sobre a importância do trabalho realizado. “Elas passam uma tarde diferente, fazem novas amizades, algumas se curam da depressão, brincam, aprendem e o mais importante, confraternizam entre elas. Jogam bingo, tomam café, aprendem com nossos ensinamentos e passam adiante, isso é gratificante”, explicou.

Nos encontros, realizados uma vez por semana, as mulheres participantes aprendem de tudo. “Trabalhamos com todo tipo de artesanato, baseado no que é de interesse delas. Tricô, crochê, pintura, bordado, todo tipo de artesanato que existe nós ensinamos, pois cada uma chega com o objetivo de aprender alguma coisa nova”, completou Maria Aparecida.

Bingo e Café Colonial

Para marcar o encontro de todos os grupos urussanguenses, diversos brindes, doados pelo comércio local, foram sorteados, além de um bingo, que animou a tarde das mulheres presentes. A sortuda do dia foi dona Terezinha Fernandes Acácio que, aos 71 anos, integra o Grupo de Mães do bairro Rossetti. Além de ganhar um brinde no sorteio, ela foi a ganhadora do prêmio máximo no bingo e voltou para casa com R$ 500,00. “Sempre foi ótimo participar do grupo. A gente encontra muita gente amiga, que há muito tempo não via. E hoje ainda ganhei prêmios”, comemorou.

Madrinha de Grupos de Mães há 16 anos, a então secretária de Assistência Social, Izolete Duarte Vieira, procura sempre estar presente nos eventos. “É gratificante ver elas aqui. Foram tantos meses em casa sem essa confraternização e hoje ter elas reunidas é muito bom”, destacou. Vale lembrar que o Auras integra a Assistência Social de Urussanga. “Damos todo o apoio, pois sabemos que é uma associação que faz um excelente trabalho”, comentou Izolete.

Colaboração: Ana Paula Nesi / Assessoria de Imprensa