A enxadrista de Criciúma, Kathiê Librelato, fez história ao ser campeã do Zonal 2.4 da Federação Internacional de Xadrez, em Natal, no Rio Grande do Norte. A competição, realizada entre os dias 3 e 9 de outubro, reuniu atletas do Brasil, Peru, Equador e Bolívia, sendo o evento responsável por apontar os representantes oficiais da região para a Copa do Mundo de Xadrez de 2023. Kathiê faz parte da equipe FME Criciúma/ACX Criciúma/Unesc/Librelato/Nações Shopping.

Com uma campanha de sete vitórias, três empates e nenhuma derrota, a enxadrista criciumense sagrou-se campeã invicta da competição, obtendo assim a única vaga feminina para representar a região na Copa, que será realizada no segundo semestre do próximo ano. “É um orgulho muito grande poder representar e levar o Brasil ao pódio, vou me preparar muito para que em 2023 possa, quem sabe, conquistar a melhor classificação do Brasil em uma Copa do Mundo de Xadrez”, destacou a atleta.

“É uma conquista marcante e histórica para Criciúma e Brasil. A Copa do Mundo é um dos maiores eventos promovidos pela FIDE e certamente conquistas como estas motivam e incentivam cada vez mais as jovens promessas do xadrez criciumense que tem na Kathiê uma referência e fonte de inspiração”, ressaltou o coordenador da modalidade de xadrez, Claudionor Pirola.

“A Kathiê é uma das nossas atletas destaque da fundação, se sobressai em todas as competições que participa e tem representado Criciúma e o Brasil muito bem mundo afora. Nós estamos cheios de orgulho e felicidade por essa vaga na Copa do Mundo. Parabéns a Kathiê que tem todo o mérito e a toda nossa equipe e coordenação do xadrez”, comentou o presidente da FME, Neto Uggioni.

Colaboração: Talita Grassi / Decom