A ozonioterapia é um tratamento natural que auxilia na oxigenação dos tecidos, diminuindo as dores em determinada região do corpo. A técnica também é utilizada para o tratamento de feridas. Conforme o fisioterapeuta Marcelo Neves, a ozonioterapia é uma alternativa eficaz que ajuda no processo de cicatrização. Pessoas com úlceras, queimaduras, lesões por pressão, conhecidas como escaras, além de outros problemas, podem optar pelo tratamento de ozonioterapia.

De acordo com Marcelo, o procedimento é realizado usando uma máquina, conhecida como gerador de ozônio, no qual é utilizado água destilada. O ozônio irá agir na ferida regenerando ela, ou seja, aumentando o seu aporte sanguíneo do tecido morto. “Vai fazer com que haja mais nutrientes, mais vascularização e, consequentemente, vai fazer de dentro para fora a cicatrização daquele tecido, vai regenerar e vai fazer com que morra todas as bactérias, vírus e fungos que estão na ferida”, explicou Neves.

O profissional ressaltou que às vezes o paciente possui outra comorbidade, como a diabetes, por exemplo. “A ozonioterapia como sendo um tratamento complementar vai trabalhar em cima da bactéria, do fungo, do vírus e tem alto poder de cicatrização. A gente faz uma limpeza desse tecido morto com a água ozonizada própria para combater”, comentou. O fisioterapeuta Marcelo participou de entrevista no Ponto de Encontro e explicou mais detalhes. Ouça na íntegra:

Parte 01

 

Parte 02

 

Saiba mais no Instagram acessando aqui. Marcelo Neves atende em seu consultório ao lado do Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Urussanga. Agende uma consulta ou, se preferir, atendimento em domicílio. Clique aqui e acesse o WhatsApp.