A Diretoria do Meio Ambiente (DMA), de Urussanga, arrecadou 2.860 quilos de pilhas, lâmpadas e eletroeletrônicos usados na campanha “Penso, logo destino”. A ação, que contou com a parceria do Cirsures e das escolas, foi realizada nos dias 23 e 24 do último mês (acesse aqui). A campanha “Penso, logo destino” é promovida pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA).

“Não para de crescer o volume de lixo, que nós, humanos, produzimos no dia a dia. Não obstante, há uma fração considerada tóxica por conter metais pesados, químicos reativos em sua composição. Por isso, essa campanha é de extrema importância, pois visa retirar do meio ambiente e de aterros, produtos que podem ser prejudiciais para o meio ambiente, e em uma cadeia de consequências, prejudicar também a vida da população”, explica o diretor da DMA, Marcio Moreira.

Segundo o diretor, a maior quantidade foi de eletroeletrônicos: vídeo cassetes, TVs de tubo, eletrodomésticos antigos e outros. “Tivemos também cerca de 300 quilos de pilhas e baterias velhas e cerca de 200 lâmpadas que deixaram de ir para aterros e tiveram a destinação correta”, garante. Uma nova arrecadação deve ser realizada devido ao sucesso da primeira. “Ainda não temos uma data específica, já que é uma ação do IMA, mas estaremos atentos para logo, retirarmos mais itens como estes, do meio ambiente”, frisa Moreira.

O assunto foi abordado no programa Comando Marconi em entrevista com o diretor Marcio e com bióloga da DMA, Kelly Cristina Minotto. Saiba mais:

 

A ação contou com a participação da comunidade, escolas municipais, estaduais e particulares de Urussanga. “O sucesso desta ação é fruto do engajamento de muitas pessoas. Desde quem entregou os itens, até a mídia que divulgou a ação, a secretária de educação, Janea Possamai, que facilitou o contato com as escolas, e todos profissionais envolvidos. Gratidão”, ressalta.

Colaboração: Ana Paula Nesi / Assessoria de Imprensa