“É uma emoção diferente de tudo que eu já senti. De todas as corridas e maratonas que eu já participei, essa daqui não se compara. Ver as pernas da gente, servindo para trazer alegria no rosto deles, emoção, vibração, é incomparável. Palavras não descrevem o sentimento da gente”. As palavras do maratonista Jucemar Cardoso, descrevem a reação de muitos atletas e voluntários que vivenciaram o 1° Treinão Solidário de Cocal do Sul.

Promovido pela F6d Assessoria Esportiva, em parceria com a Prefeitura Municipal, Projeto Pernas Solidárias de Içara, Coopercocal e APAE de Cocal do Sul, o evento proporcionou a 19 alunos da APAE e um participante do CAPS, que possuem algum tipo de deficiência ou dificuldade motora ou física, a oportunidade de viver a experiência de uma corrida de rua.

“O segredo é a inclusão. Dentro de triciclos adaptados, numa anatomia já especial, demos a oportunidade desses apaixonados pelo esporte, conduzirem essas pessoas com deficiência por cinco quilômetros da nossa cidade”, declarou o prefeito de Cocal do Sul, Fernando De Fáveri. Ele que pôde conduzir por um trecho, um dos triciclos, afirmou que a inclusão é o maior presente. “Não é sobre quem chega primeiro. É uma corrida de união e isso é muito legal”.

Maria Luiza é mãe do Nicolas e pôde acompanhar a alegria do filho, que é aluno da APAE e participou da ação. “É muito fantástico. Obrigada pela alegria que nos foi proporcionada, a emoção. Eu nem acredito que participei junto com o meu filho. Foi sensacional. Gratidão”, enfatizou.

Para o atleta e fundador da F6D Assessoria, Fabrício Demétrio, ver essa parceria com o Projeto Pernas Solidárias, que cede os veículos adaptados, chegando a Cocal do Sul é a realização de um sonho. “Esse é um sonho nosso que estamos realizando. É uma corrida que todo mundo pode participar. Estamos muito felizes com o apoio de todos da Coopercocal, da prefeitura municipal, APAE e pernas solidarias”, contou o idealizador do evento, que já confirma: “Em 2023 já está confirmada a segunda edição do Treinão Solidário”.