As temperaturas baixas e o frio intenso marcam o início do inverno, estação que iniciou nessa terça-feira, dia 21, na região e devido ao registro de frentes frias a Secretaria de Assistência Social reforça as ações sociais na cidade. As ações são praticadas em parceria com a Defesa Civil no objetivo de acolher e encaminhar as pessoas que se encontram em vulnerabilidade social ou em situação de rua.

Segundo o secretário de Assistência Social e Habitação, Bruno Ferreira, a principal ação durante o período de frio intenso são as abordagens realizadas nas ruas, que tem. A ação tem a finalidade de monitorar quem precisa de ajuda, e passar orientações para que as pessoas em situação de vulnerabilidade social sejam encaminhadas para a Casa de Passagem, que fica localizada na rua Giácomo Sônego Neto, no bairro Pinheirinho, sendo retiradas do frio e contribuindo cada vez mais para o bem-estar da população.

“As abordagens sociais já ocorrem de forma frequente no município, mas durante os períodos de frio essas ações são intensificadas. Dessa forma, nossas equipes abordam e orientam a população durante o dia e no período da noite são feitas ações específicas com a Defesa Civil, com o intuito de orientar e também encaminhar essas pessoas para a Casa de Passagem”, destaca.

Temperatura nos próximos dias

De acordo com o diretor da Defesa Civil de Criciúma, Fred Gomes, o monitoramento constante da temperatura auxilia na realização das abordagens. Para os próximos dias, a previsão é de que os termômetros marquem mínimas entre 15ºC e 10ºC. Conforme o diretor, são registros dentro da normalidade durante o período de inverno.

“Porém, mesmo elas estando dentro da normalidade, nós da Defesa Civil com a Secretaria de Assistência Social sempre realizamos e seguimos com buscas ativas pelas pessoas que precisam de ajuda, principalmente nas horas de registros de frio mais intensos durante a noite ou durante situações que podem ser desencadeadas pela chuva”, ressalta.