O novo reajuste dos combustíveis já entrou em vigor nesta sexta-feira, dia 11. Filas foram registradas na noite de ontem em diversos postos de gasolina da região, já que muitos motoristas aproveitaram para abastecer seus veículos antes do aumento. O preço médio da gasolina para as distribuidoras teve alta de 18,8%, enquanto o diesel aumentou 24,9%. Nos municípios da Região Carbonífera, a gasolina comum chega a R$ 6,99, a aditivada R$ 7,09, o gás veicular a R$ 5,39, o etanol R$5,80 e o diesel a R$ 6,79 por litro.

O reajuste foi anunciado ontem pela Petrobras em um comunicado oficial. “Esses valores refletem parte da elevação dos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente a demanda mundial por energia. Mantemos nosso monitoramento contínuo do mercado nesse momento desafiador e de alta volatilidade”, afirma a nota.

Apesar do reajuste ter entrado em vigor hoje, muitos postos já reajustaram os preços ainda ontem. “Não é ilegal, já que os preço do combustível é uma liberalidade do posto. Mas se o consumidor entender que o aumento é excessivo, visando prejudicar o consumidor, ele pode acionar o Procon da sua cidade para reclamar do posto e o órgão poderá averiguar se essa é uma prática abusiva”, disse à Auto Esporte o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor.

O aumento dos combustíveis já está sendo sentido no bolso dos urussanguenses. O repórter Marco Búrigo esteve nos postos de gasolina de Urussanga conversando com motoristas sobre o aumento dos combustíveis. Confira mais na íntegra:

 

Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba as principais notícias que foram destaques na programação da Marconi FM