Na semana do Dia Internacional da Mulher, o programa Ponto de Encontro aborda assuntos relacionados a participação feminina em diversas áreas e a luta das mulheres pela igualdade. A advogada e organizadora do livro “Direito das Mulheres – Igualdade, perspectivas e soluções”, Alessandra Caligiuri Calabresi Pinto, concedeu entrevista à Rádio Marconi e falou sobre o conteúdo da sua obra, além de mudanças que a sociedade precisa ter para alcançar a equivalência entre homens e mulheres. Acompanhe na íntegra a conversa:

 

Diversas mulheres foram convidadas para contribuir com o livro, principalmente do Poder Judiciário e da área da psicologia. “A gente diversificou bastante para ter um olhar amplo em relação a isso, para que a gente possa sim vir a mudar a nossa triste realidade. Cada uma deu a sua contribuição e a gente chegou a uma ideia de mudança, que ainda leva muito tempo, mas que a gente tem otimismo”, explica Alessandra.

Para a elaboração do livro, as autoras abordaram a história feminina desde anos atrás até chegar a situação atual e quais as mudanças efetivas para que se atinja a igualdade. “Não existe democracia sem a igualdade, essa é a verdade. E para que a gente alcance temos que ter algumas mudanças, e nós temos uma vasta legislação em defesa da mulher”, comenta. Alessandra também acrescenta algumas dessas leis, como a Lei Maria da Penha, Lei do Feminicídio, Lei da Importunação Sexual, Lei da Violência Obstétrica e muitas outras que são muito importantes para a sociedade brasileira.

Para a advogada, é necessário fazer com que os homens também participem de debates que buscam a participação feminina em busca da igualdade. “Eu acredito que a gente tem um parlamento extremamente machista, cercado de homens. A gente tem o Poder Judiciário ainda muito machista, e precisamos nos desconstruir. Eu entendo que, politicamente, nós precisamos das mulheres, igualdade dentro do parlamento, porque sem isso nós não vamos conseguir avançar”, reforça.

Conheça mais sobre o livro Direito das Mulheres – Igualdade, perspectivas e soluções acessando AQUI.