Um homem com iniciais A.B foi preso no último sábado, dia 26, pela Polícia Militar de Urussanga, por descumprir medida protetiva. Ele já havia sido preso no início do ano por agredir a própria filha, permanecendo no presídio Santa Augusta por mais de um mês.

Segundo informações do delegado Márcio Campos Neves, logo que o homem saiu da cadeia, a perseguição à filha continuou, inclusive no local de trabalho dela. Após o descumprimento da medida, a polícia abriu um inquérito contra o agressor e alertado sobre o fato.

No último sábado, A.B. descumpriu novamente a medida judicial, foi preso e voltou para a cadeia. “Os crimes de violência doméstica cresceram bastante no período do carnaval. E esse caso de Urussanga nos chamou atenção pela reincidência do agressor. Ele foi avisado pela polícia e mesmo assim continuou perseguindo a filha, causando inclusive problemas no local de trabalho dela”. destaca o Delegado.

O repórter Marco Búrigo conversou com o Delegado Márcio Campos Neves, ouça abaixo:

 

Com informações: Repórter Marco Búrigo 

Da Redação