A secretária de saúde de Urussanga, Ingrid Zanellato, foi exonerada do cargo na tarde desta quarta-feira, dia 20. A informação foi confirmada pelo prefeito interino Jair Nandi (PSD) a reportagem da Rádio Marconi. Ingrid deixa de estar a frente da pasta da saúde no município mas permanece no cargo de funcionária pública da prefeitura. A decisão da exoneração foi tomada durante reunião com a gestão municipal após a notícia do Ministério Público de Santa Catarina que obteve a indisponibilidade de bens de Ingrid e de outras cinco funcionárias da secretaria de saúde. A suspeita é de que elas estariam envolvidas em supostos casos de fura-filas na vacinação contra a Covid-19. A justiça obteve o bloqueio dos bens caso elas sejam condenadas por supostos atos de impropriedade administrativa. A prefeitura ainda não foi notificada oficialmente pelo MPSC sobre o assunto.

Ouça abaixo a fala do prefeito Jair Nandi sobre a exoneração de Ingrid Zanelatto:

 

MPSC obtém bloqueio de bens de servidores da saúde envolvidos em casos de fura-fila, em Urussanga