Cocal do Sul está com novidades para os agricultores do município. Nesta terça-feira (28), foram aprovados novos projetos de lei na Câmara de Vereadores que já serão sancionados pelo executivo. Dentre eles, está adubação verde de verão, onde o produtor pode receber até oito sacas de adubo pela Epagri, sendo pago apenas 50%, e o restante custeado pela prefeitura. Outro é a entrega de sementes de feijão, em que a prefeitura arca com o valor. O Vale Agro e o Agro Premiado, que servem como incentivos ao produtor para manter o bloco de notas atualizado, também foram criados. Nestes dois projetos, o produtor rural pode receber vales-compra nas lojas associadas a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Ouça mais detalhes na entrevista completa com o coordenador de desenvolvimento rural do município, Jucemar Macari, para o Comando Marconi:

 

Cada do Agricultor

A prefeitura se reuniu na noite desta segunda-feira (27) para o lançamento do projeto da Casa do Agricultor. O espaço atenderá os produtores rurais do município e será mais uma forma de fomentar a atividade do homem do campo. A partir de agora, será aberto o processo de licitação para a escolha da empresa responsável pela obra da Casa do Agricultor, que deverá ser inaugurada no próximo ano, no Pátio de Máquinas da Secretaria de Infraestrutura. O projeto é de autoria do arquiteto James Périco e a obra custará em torno de R$ 600 mil.

De acordo com Macari, o espaço de 387 metros quadrados contará com um auditório para 50 pessoas, sala de artesanato, além das salas onde funcionarão os serviços da Epagri, Cidasc, Sindicato dos Agricultores e Secretaria da Agricultura, atendendo a todos os produtores rurais de Cocal do Sul. O ato contou com a presença do prefeito Fernando de Faveri, vice-prefeito Érik Zeferino, secretários, servidores e vereadores, além de produtores rurais e representantes da Epagri.