Você chega a uma loja do shopping e se depara com cabides, prateleiras e manequins vazios. Em uma das paredes do espaço, um convite: “Preencha a loja com suas doações e ajude quem mais precisa”. Essa é a proposta do projeto ‘Loja Vazia’, que está no Nações Shopping desde o último mês de junho.

A ação vai até o dia 19 de outubro, das 10h às 22h, no Nações Shopping, e a ‘Loja Vazia’ aceita doações de roupas, alimentos, produtos de limpeza e higiene, livros e brinquedos, além de acessórios e calçados de todos os tamanhos. Os itens são recolhidos frequentemente a fim de manter o ambiente sempre pronto para receber novas contribuições.

A ação já acontece há alguns anos nos shoppings do grupo Almeida Junior, mas este ano estão sendo aceitos alimentos para doações, em parceria com a campanha da Prefeitura Municipal. A mudança ocorreu diante do cenário da pandemia da Covid-19, em que muitas famílias ficaram em situação vulnerável. Já a parte de itens de higiene pessoal e acessórios será doada para ONGs parceiras.

No Nações Shopping, as doações serão disponibilizadas para o Bairro da Juventude, Casa Guido, Associação dos Autistas de Criciúma (AMA) e a Nossa Casa, organizações sociais sem fins lucrativos que oferecem oportunidades de desenvolvimento para crianças e jovens que vivem em situação de alta vulnerabilidade social.

Instituição Nossa Casa foi a primeira beneficiada

A última arrecadação feita com as doações na “Loja Vazia” do Nações Shopping foi entregue para a instituição Nossa Casa de Criciúma. A entidade filantrópica atende crianças em vulnerabilidade social de toda a região sul catarinense.

De acordo com o diretor da Nossa Casa, Ismael Ferreira – responsável pela captação de recursos da entidade -, é sempre importante participar das ações sociais do Nações Shopping. “Agradecemos a oportunidade de poder participar dessa ação com o Nações Shopping”, diz Ferreira. Ele conta também que as roupas que não serviram nas crianças serão vendidas no bazar da instituição. “Desta forma levantamos também fundos para a entidade com a venda das peças em nossos bazares semanais”, completa.

“O shopping tem papel fundamental na conscientização e no incentivo a projetos sociais, por ser um ambiente de fácil acesso a todos. Contamos com a colaboração dos clientes do Nações Shopping para ajudar as instituições de nossa região”, conclui Rafael Fiedler, superintendente do Nações Shopping.

Colaboração: Maíra Rabassa / Comunicação Nações Shopping