A Polícia Civil de Urussanga abriu um inquérito policial para apurar possível crime de obstrução de justiça cometido pelo vereador Fabiano De Bona (PSDB). Conforme apurações do repórter Rafael Niero, o parlamentar era testemunha no caso que investigava o ex-diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Samae), Vanderlei Marcírio (Deco). De acordo com o Delegado Ulisses Gabriel, em entrevista ao Comando Marconi desta segunda-feira (13), uma das testemunhas não assumiu o compromisso de falar a verdade sobre o que ele sabia para não prejudicar o investigado, que é seu amigo íntimo.

Saiba mais sobre o caso de indiciamento do ex-diretor do Samae de Urussanga a seguir:

Delegado Ulisses Gabriel dá mais detalhes sobre indiciamento do ex-diretor do Samae de Urussanga