A Legião de Maria completa hoje, dia 7 de setembro, 100 anos de sua fundação. A Legião é formada por fiéis da Igreja Católica Apostólica Romana de forma voluntária que buscam evangelizar. O movimentou surgiu na Irlanda com o Frank Duff e já está em mais de 150 países. Neste centenário, é necessário reconhecer a missão dos legionários de Maria e entender sua importância para a fé católica. Em Urussanga, são 62 anos de existência da Legião de Maria. As legionárias Maria de Lurdes Campos Vendramini e Maria Damiani Alves Batista explicaram sobre o legado da legião no mundo todo em entrevista ao Repórter Marconi. Ouça na íntegra:

 

Os legionários se reúnem para trocar experiências e orar em torno do altar de Nossa Senhora. De dois em dois, os leigos da Legião de Maria visitam famílias que precisam de oração e apoio espiritual. As visitas permanecem no mesmo estilo que nasceu há 100 anos na Irlanda, e a reza do santo terço é essencial. Em Urussanga, são quatro encontros semanais: nas segundas-feiras, às 17h e às 19h; nas terças e quarta-feiras às 19h, na sala do Centro Comunitário da Paróquia Nossa Senhora da Conceição.