O governador Carlos Moisés autorizou, nesta sexta-feira (27), o início da pavimentação na Serra do Corvo Branco. O chefe do executivo estadual cumpriu agenda em Grão-Pará, onde se reuniu com representantes municipais para autorização das obras do trecho de 9,4 quilômetros. O investimento será de mais de R$ 40 milhões. O prazo de conclusão é de 18 meses. “Esta é uma obra que sempre esteve no radar, sempre trabalhamos intensamente para resolver todos os entraves até a chegada deste momento. É um passo importante em direção ao nosso objetivo de encurtar caminhos e aproximar a serra e o mar”, avaliou Carlos Moisés.

O governador anunciou que, nos próximos dias, terão início os trabalhos para recuperar um trecho desmoronado da SC-370, nas proximidades da serra. Ele também deu o pontapé inicial para o próximo grande avanço. “Já conversei com o Thiago Vieira (secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade) para que possamos, o quanto antes, contratar o projeto de um túnel, por onde poderão passar veículos pesados, já que a grande vocação da Serra do Corvo Branco é o turismo”, antecipou.

O prefeito de Grão-Pará, Helio Alberton Junior, lembrou do esforço de inúmeras pessoas para abrir a Serra do Corvo Branco, a partir da mobilização iniciada por Pedro Kuhnen em 1959. “Hoje precisamos ser gratos ao governador Moisés, ao secretário Thiago Vieira, a toda equipe que viabilizou esse investimento de R$ 40 milhões com recursos próprios. Muitas pessoas se perguntam se a obra sairá mesmo, e com alegria a gente responde que sim, vai sair”, afirma.

SC-390, entre Pedras Grandes e Tubarão

Durante o ato em Grão-Pará, Carlos Moisés também autorizou o início das obras de pavimentação na SC-390, no trecho de um quilômetro que falta entre Pedras Grandes e Tubarão. O investimento será de aproximadamente R$ 2,8 milhões e o prazo de conclusão é de seis meses.

Participaram dos atos o deputado federal Ricardo Guidi, deputados estaduais José Milton Scheffer, Julio Garcia, Marcos Vieira, Paulinha, Ricardo Alba, Rodrigo Minotto e Volnei Weber, os secretários de Estado Thiago Vieira (Infraestrutura e Mobilidade), Luiz Fernando Vampiro (Educação), o chefe e o subchefe da Casa Civil, Eron Giordani e Juliano Chiodelli, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) José Nei Ascari, prefeitos da região, vereadores e moradores que serão diretamente beneficiados com as obras.

Com informações do Governo de Santa Catarina