O Governo do Estado distribuiu nesta quarta-feira, 25, mais 237.685 doses da vacina contra a Covid-19 para as 17 Unidades Descentralizadas de Vigilância em Saúde (UDVEs). Do total, 70.170 são para a primeira dose, sendo 28.050 da Pfizer e 42.120 da CoronaVac; e 167.515 para a segunda dose, 106.350 da CoronaVac, além de 61.165 da AstraZeneca.

A distribuição começou pela manhã com o envio de doses via terrestre para as UDVEs da Grande Florianópolis, Blumenau, Itajaí, Tubarão, Criciúma, Araranguá, Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra, Rio do Sul e Lages. Já as doses das centrais de São Miguel do Oeste, Chapecó, Xanxerê, Concórdia, Videira e Joaçaba serão encaminhadas via aérea pelo avião do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina.

As doses enviadas nesta remessa ainda devem ser usadas para dar continuidade à vacinação da população adulta com 18 anos ou mais, ainda não vacinada; e para a conclusão do esquema vacinal, com a aplicação da segunda dose, daqueles que já tomaram a primeira dose da vacina.

Confira as doses que serão distribuídas a Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec):

“Estamos a uma semana de concluir a vacinação da população adulta com a primeira dose da vacina, como previsto no Calendário Estadual de Vacinação. E, segundo o retorno que obtivemos dos municípios até este momento, a meta será alcançada, possibilitando o início da vacinação dos adolescentes já no dia 1º de setembro”, enfatiza o diretor de vigilância epidemiológica, João Augusto Brancher Fuck.

Em reunião da CIB realizada na terça-feira, 24, ficou pactuado entre estado e municípios o início da vacinação dos adolescentes com idade entre 12 e 17 anos no dia 1º de setembro (saiba mais aqui). Os jovens desta faixa etária serão vacinados apenas com doses da Pfizer, única vacina aprovada pela Anvisa, até o momento, para a vacinação em menores de 18 anos.

Para isso, a partir de setembro, os municípios devem destinar 10% das doses recebidas deste fabricante para a vacinação dos adolescentes com comorbidades, deficiência permanente grave, gestantes, puérperas e lactantes; e os outros 90% para a aplicação nos demais adolescentes, por faixa etária, sempre de forma decrescente, da maior idade para a menor, conforme o envio das doses pelo Ministério da Saúde.

Novas remessas

Santa Catarina deve receber nos próximos dias, ainda sem data confirmada, mais 212.820 doses da vacina contra a Covid-19. Deste total, 100.620 serão da vacina Pfizer, sendo 17.550 para aplicação da primeira dose e 83.070 da segunda dose, além de 112.200 da vacina CoronaVac, metade para aplicação da primeira dose e a outra metade para aplicação da segunda dose.

Com informações do Governo de Santa Catarina